Edson Shimabukuro ressalta: é preciso resgatar a cultura de Campo Grande

PTB Notícias 3/10/2014, 8:51


Na memória de Campo Grande (MS), o vereador Edson Shimabukuro (PTB) relata: “dizem que a cidade era uma ilha, um centro de turcos rodeado de japoneses”.

Edson é engenheiro e acompanha de perto a revitalização do centro da capital sul-mato-grossense anunciada pelo prefeito Gilmar Olarte (PP).

“Estamos debatendo com o Executivo, com comerciantes e com a sociedade uma forma de revitalizar o centro da cidade, mas queremos priorizar um resgate histórico da cultura do nosso povo”, comenta Shimabukuro.

Segundo o vereador, sua família acompanhou parte da evolução da região central de Campo Grande.

“Minha família acompanhou com uma loja de fotografia no centro, desde o tempo em que a fotografia era em preto e branco, demorava meia hora para revelar uma foto.

Hoje o centro mudou, perdemos a nossa identidade, nossa cultura”.

O petebista acredita ser possível resgatar a história e a cultura da região central.

Segundo ele, várias medidas são possíveis, desde incentivos fiscais para quem restaura sua fachada até a o reforço policial nas ruas.

Segundo o vereador, o trânsito, a insegurança e a perda de identidade cultural desvalorizam o comércio central, ao mesmo tempo em que se fortalecem os shoppings.

Inicialmente, a prefeitura pretende revitalizar um trecho da 14 de Julho, mas Shimabukuro afirma que será praticamente uma “fase experimental” e que a revitalização deve se expandir para toda a região do centro.

TrânsitoUm dos principais problemas da região central continua sendo o trânsito, que, na avaliação do vereador, demanda uma solução rápida.

“Hoje temos um número muito alto de veículos, o que a cidade não comporta.

” Edson Shimabukuro ressaltou ações de intervenção devem ajudar a desafogar o trânsito em determinados pontos da cidade, como o cruzamento da Via Parque com a Mato Grosso, que deve receber semáforos e a rotatória Interlagos com a Costa e Silva, onde deve ser construída uma ponte.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Capital News Foto: Deurico/Capital News