Eduardo pedirá à presidente Dilma que dê a atenção necessária ao Fies

PTB Notícias 19/03/2015, 17:28


Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Tocantins, na terça-feira (17/3/2015), o deputado Eduardo Siqueira Campos (PTB) saiu em defesa dos estudantes que necessitam do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e que, atualmente, têm encontrado dificuldades em realizar o cadastro e até mesmo renovar o crédito para a sequência dos estudos.

Por isso, Eduardo Siqueira pediu que a Assembleia encaminhe correspondência à presidente Dilma Rousseff (PT), solicitando a atenção necessária à situação do Fies.

Ele argumenta que milhares de estudantes sofrem com o processo de estrangulamento pelo qual passa o fundo.

“Quando exerci o mandato de senador, tive o reconhecimento pela então líder do governo, senadora Ideli Salvatti (PT), de ser o que mais tratou da questão do Fies”, disse.

O petebista recordou que apresentou quatro projetos no Senado Federal que trataram do tema.

O parlamentar afirmou que propôs que os Correios, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil pudessem ser pontos de inscrição dos estudantes, pois nem todos os jovens de baixa renda possuem acesso à internet, sendo esta a única alternativa para o cadastramento.

O deputado disse que ainda sugeriu o fim da figura do avalista e que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também pudesse ser fonte de financiamento para o Fies.

Eduardo Siqueira Campos afirmou que parte de suas propostas foram acolhidas em uma medida provisória editada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A abolição do avalista foi uma delas.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa do TocantinsFoto: Benhur de Souza/AL-TO