Eduardo Siqueira e Mauro Carlesse anunciam que doarão auxílio-moradia

PTB Notícias 6/02/2015, 7:38


O pagamento de auxílio-moradia de R$ 3.

800 para os deputados estaduais do Tocantins foi tema de discussões na sessão de quinta-feira (5/2/2015) na Assembleia Legislativa.

Os parlamentares têm direito ao benefício, mesmo os que têm residência fixa na capital Palmas, mas quem quiser receber terá que solicitar à Mesa Diretora da Casa.

O benefício foi aprovado na legislatura anterior e está em vigor desde o dia 1º de janeiro.

O deputado Eduardo Siqueira Campos (PTB) subiu à tribuna para afirmar que solicitará o benefício, irá complementá-lo até o valor de R$ 4 mil e destinará, em partes iguais, para instituições de caridade com relevantes serviços prestados ao Estado.

Neste primeiro mês, segundo o deputado, as entidades atendidas serão Fazenda da Esperança, Leão de Judá, Apae-TO e Liga Feminina de Combate ao Câncer.

“O recurso tem uma destinação a específica, mas se não for utilizado, pode ser destinado para outra rubrica e continuará não chegando à sociedade como o benefício por ela esperado”, frisou.

Segundo Eduardo Siqueira, sua intenção não é constranger o Parlamento ou qualquer deputado que pretenda utilizar o benefício para o fim ao qual é destinado ou qualquer outra finalidade.

“Não estou aqui para fazer juízo de valor, mas como é um tema que a sociedade tem dado grande atenção, cada um terá que olhar nos olhos de seus eleitores e explicar”, disse.

Outro deputado que decidiu doar seu benefício é Mauro Carlesse (PTB).

A assessoria do parlamentar divulgou a informação na quarta-feira (4).

Na quinta, o petebista comentou em seu perfil no Facebook: “Disponibilizei o auxílio-moradia para entidades beneficentes.

Não acho justo eu ter moradia na capital e receber este subsídio em benefício próprio”.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Tocantins 247 Foto: Divulgação/Montagem/AscomPTB