Educação básica precisa ser prioridade do governo, afirma Pedro Fernandes

PTB Notícias 12/11/2015, 17:58


Ao comentar estudo que mostra que, mesmo na escola, mais da metade das crianças permanecem analfabetas ao fim do 3º ano do ensino fundamental, o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) cobrou mais investimentos do governo federal na educação básica – que engloba a educação infantil (para crianças com até 5 anos), o ensino fundamental (para alunos de 6 a 14 anos) e o ensino médio (para alunos de 15 a 17 anos).

“O Brasil precisa dar prioridade para a educação básica e não faz isso.

Hoje, o Ministério da Educação [MEC] gasta mais de 60% de suas verbas com o ensino superior e menos de 40% com o ensino médio, que tem muito mais matrículas”, comparou Fernandes, ex-secretário de Educação do Maranhão.

Pedro Fernandes destacou já ter visitado o MEC e também enviado uma indicação ao governo pedindo prioridade para a educação básica.

“Sugeri recentemente à presidente Dilma Rousseff que deixasse o ensino básico com o MEC e levasse o ensino superior ao Ministério de Ciência e Tecnologia”, contou.

O deputado também criticou a quantidade de recursos destinados ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

“Gastamos, em 2015, R$ 14 bilhões com o Fies, que dá um resultado duvidoso, porque muito dinheiro vai para faculdades que não têm qualidade.

Por outro lado, só se gastou R$ 10 bilhões com o ensino básico”, lamentou.

“Ou se dá prioridade ao ensino básico ou não vamos chegar a lugar algum”, concluiu.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos DeputadosFoto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados