Edvaldo Brito discute revitalização do Centro de Salvador com entidades

PTB Notícias 3/08/2009, 11:50


O vice-prefeito de Salvador, o petebista Edvaldo Brito, acompanhado de representantes de órgãos municipais, reuniu-se com lideres de associações e entidades da sociedade civil para discutir projetos de intervenções nas áreas centrais de Salvador.

O encontro ocorreu nea última semana no gabinete do vice-prefeito, no prédio do Instituto de Previdência do Salvador (Previs), em Nazaré.

O objetivo da reunião foi apresentar a proposta de requalificação da Avenida Sete de Setembro, Barroquinha, Baixa dos Sapateiros e do Aquidabã, bem como coletar a contribuição da sociedade.

O projeto de revitalização é de autoria da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), vinculada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente (Sedham).

O planejamento de requalificação envolve ações de curto, médio e longo prazos nas áreas de mobilidade urbana, ordenamento dos ambulantes, construção de estacionamentos e de áreas de convivência, como praças e áreas esportivas.

Segundo o vice-prefeito Edvaldo Brito, os recursos para intervenções a curto prazo na área de mobilidade urbana já estão garantidos, e podem começar ainda neste semestre, dependendo do acordo entre os órgãos municipais e os representantes da sociedade.

Há também uma proposta de interligação entre a Baixa dos Sapateiros e o Comércio através de intervenções na confluência da Ladeira de São Bento, Carlos Gomes, Praça Castro Alves, descida da Conceição e Ladeira da Montanha.

Esta reunião é resultado de duas outras realizadas internamente com a FMLF, as secretarias municipais de Serviços Públicos e Prevenção à Violência (Sesp), da Fazenda (Sefaz), dos Transportes Urbanos e Infraestrutura (Setin), de Planejamento, Tecnologia e Gestão (Seplag), do Trabalho, Assistência Social e Direitos do Cidadão (Setad) e a Sedham.

O projeto foi discutido pelos órgãos municipais e representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), dos sindicatos dos Comerciários, dos Feirantes e dos Guardadores de Veículos.

Presente à reunião, o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas do Salvador, Haroldo Dias Nunes, também presidente do Fórum Municipal para o Desenvolvimento do Centro da Cidade e da Associação de Empresários da Cidade Alta do Salvador, ressaltou o aspecto democrático como a Prefeitura está conduzindo a revitalização da região central da capital.

“Parabenizo a Prefeitura pela iniciativa da discussão sobre o destino da nossa cidade”.

fonte: site da Prefeitura de Salvador (BA)