Edvaldo Brito: Só defenderei alterações no IPTU benéficas ao contribuinte

PTB Notícias 21/08/2013, 7:15


Professor de Direito Tributário, o vereador Edvaldo Brito (PTB-BA) comentou as alterações na tabela de arrecadação do Imposto obre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e o recadastramento de imóveis de Salvador ao final da sessão de segunda-feira (19/8/2013) na Câmara Municipal.

“Minha marca como tributarista sempre foi defender o contribuinte, fiz isso por toda minha vida como advogado e não será diferente agora.

Só defenderei alterações no IPTU que sejam benéficas ao contribuinte”, afirmou.

Sobre o recadastramento de imóveis, o petebista defendeu a correção de “discrepâncias” no modelo atual de arrecadação da cidade.

“Quando fui vice-prefeito viabilizei, a partir de um estudo aero-fotográfico da cidade, o que veio a se chamar Sistema de Cadastro [Sicad], que ajuda a identificar o valor real do imóvel.

Agora a prefeitura decidiu dar autonomia ao contribuinte para fazer o seu próprio recadastramento.

Eu até acho que pode ser um instrumento de fazer justiça, caso seja aplicado corretamente.

Por exemplo, há muitas pessoas morando em casas humildes que, por estarem próximas a condomínios de luxo, estão pagando um IPTU altíssimo.

Ou, às vezes, estão isentas de pagar o imposto e nem sabem”, argumentou Brito.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Bahia NotíciasFoto: Max Haack/Ag.

Haack/Bahia Notícias