Elaine Matozinhos promove ato no Dia de Conscientização sobre Epilepsia

PTB Notícias 10/09/2014, 7:57


A distribuição de lacinhos na cor lilás e cartilhas de orientação sobre a doença a vereadores e servidores marcou a reunião plenária da Câmara Municipal de Belo Horizonte (MG), de terça-feira (9/9/2014), na passagem do Dia Nacional e Latino-americano de Conscientização sobre a Epilepsia, mencionado pela vereadora Elaine Matozinhos (PTB).

A importância da água e do incentivo à economia do recurso na capital mineira e no país também foram temas de pronunciamentos durante o “pinga-fogo”.

A reunião foi encerrada antes da apreciação dos três vetos e 33 projetos em pauta, por esvaziamento do quórum.

Abrindo o pinga-fogo, com a presença de 35 parlamentares, Elaine Matozinhos destacou a passagem do Dia Nacional e Latino-americano de Conscientização sobre a Epilepsia, celebrado nesta data.

Segundo ela, doença neurológica, não contagiosa, afeta 2% da população mundial e cerca de três milhões de brasileiros, na maioria crianças e adolescentes.

A vereadora elogiou o trabalho das pessoas que atuam em prol da qualidade de vida e do atendimento adequado aos afetados, que além dos transtornos relacionados ao distúrbio ainda sofrem com o preconceito e a discriminação.

A vereadora petebista também citou a demora na marcação de consultas especializadas na rede pública após o encaminhamento clínico, criticada pelo movimento, já que muitos casos exigem tratamento imediato e administração contínua de medicamentos.

Lamentando a pouca atenção do poder público e o despreparo de muitos profissionais em relação ao distúrbio, ela defendeu a garantia dos direitos dos afetados por meio da legislação e mencionou os PLs 1060/14 e 616/13, de sua autoria, que instituem, respectivamente, o Dia Municipal da Conscientização sobre a Epilepsia e o Programa de Atenção à Saúde de Pessoas com Epilepsia no município.

Elaine Matozinhos agradeceu a presença das presidentes da Federação Brasileira de Epilepsia (Epibrasil), Maria Carolina Doretto, e da Associação Mineira de Epilepsia (AMAE), Sandra Mara Matias, que estavam na Câmara com o objetivo de divulgar informações e sensibilizar os vereadores sobre o tema, e fez um voto de louvor ao movimento.

“Não vamos desistir dessa luta”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da Câmara Municipal de Belo Horizonte Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Belo Horizonte