Elizeu Aguiar assume cadeira de deputado federal nesta terça-feira

PTB Notícias 5/01/2009, 15:48


O vereador petebista Elizeu Aguiar (PI) apresenta, nesta segunda-feira (05/12), sua renúncia ao mandato de vereador recentemente conquistado nas urnas.

Ele assume nesta terça-feira a vaga de deputado federal pertencente ao secretário de Educação, Antonio José Medeiros, onde espera permanecer pelo menos até março do ano que vem.

Elizeu afirmou que pretende ser um deputado em defesa de projetos estruturantes e da revitalização do rio Parnaíba.

Ele entende que os esforços neste sentido são mínimos e pretende sensibilizar os governos estadual e federal a investir mais na preservação e revitalização do Parnaíba.

“É lamentável que não haja estrutura de fiscalização sequer para a região das nascentes, que hoje é um parque nacional mas que vem sendo agredido continuamente.

“Informa que está se cercando de assessoria experiente a fim de encontrar mais rapidamente “o caminho das pedras”.

Ele diz que terá pouco tempo para mostrar serviço e por isso precisa de gente experiente e competente ao seu lado.

Está buscando apoio junto a ex-assessores de Freitas Neto e Lucídio Portela, que tiveram passagem pelo Congresso Nacional.

“Estarei assumindo agora, já tardiamente, e com pouco tempo para trabalhar”, acrescentou.

O petebista afirmou que irá buscar recursos junto aos ministérios, ampliando a atuação comum da bancada atualmente, que é apenas de apresentar emendas individuais e coletivas ao Orçamento Geral da União.

Para tanto, estaria contando com a orientação de lideranças nacionais do seu partido.

Elizeu Aguiar também vê a necessidade de apoiar as pequenas e micro empresa, com investimentos na área de prestação de serviços.

“Esta é hoje a grande vocação da capital”, afirma.

O parlamentar anunciou ainda a alocação de recursos da ordem de R$ 8 milhões para a duplicação da via que liga o bairro Poti Velho, passando pela ponte sobre o Poti, até a localidade Santa Maria da Codipi e disse que, na área, são registrados muitos acidentes por conta da via estreita.

Aguiar aposta também na manutenção da aliança entre PT e PTB: “Acredito sinceramente que a coligação se mantenha, até porque não há motivo para ser diferente”.

Acentua ainda que as principais lideranças dos dois partidos, no caso o governador Wellington Dias e o senador João Vicente Claudino, se entendem muito bem e que há manifestações isoladas que não devem ser levadas em consideração.

O acordo garante sua permanência no cargo até março do ano que vem, mas ele acredita que esse período pode ser prorrogado, porque tudo vai depender das condições do deputado Antonio José Medeiros, secretário de Educação, em disputar a reeleição para a Câmara ou permanecer na Secretaria.

De todo modo, ele assegura que vai concorrer à reeleição “com chances de vitória”.

E explica: “Em 2006, com apenas um ano e seis meses como vereador, obteve mais de 30 mil votos.

Agora, com a conquista de um segundo mandato de vereador e a experiência na Câmara Federal, que certamente será muito positiva, não vejo razão para que tenhamos um resultado contrário”.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do 180graus)