Elmano cria viveiro de plantas medicinais no Jardim Botânico de Teresina

PTB Notícias 15/06/2012, 7:29


O Jardim Botânico de Teresina (PI), no bairro Mocambinho, ganhou, na última semana, um viveiro de plantas medicinais que vai atender a população carente da cidade.

Essa iniciativa faz parte do Projeto Farmácia Viva, que foi lançado na oportunidade, e aconteceu durante as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente.

O lançamento do viveiro de plantas medicinais foi feito pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Deocleciano Guedes, que representou o prefeito Elmano Férrer na solenidade.

“A iniciativa de criação da farmácia viva partiu do prefeito Elmano Férrer (PTB), levando em consideração que muitas famílias teresinenses são carentes e não dispõem de recursos para adquirir medicamentos diretamente nas farmácias.

As plantas e ervas medicinais encontradas aqui são as mesmas utilizadas para a produção de vários medicamentos”, explicou.

O prefeito Elmano Férrer já anunciou a ampliação do projeto para beneficiar a população de outras zonas da cidade.

A Semam vai instalar outras unidades nos quatro viveiros de plantas mantidos pelas superintendências de Desenvolvimento Urbano na periferia da cidade.

A primeira farmácia viva de Teresina conta com 11 canteiros e 12 covas onde inicialmente estão sendo cultivados o capim santo, malva, vick, hortelã, boldo, babosa, folha santa, mastruz, anador, agrião e trevo.

O projeto é desendolvido em parceria com a Universidade Federal do Piauí.

A administradora do Jardim Botânico, Jaqueline Lustosa, explicou que trata-se de um novo espaço aberto à população.

“A idéia é proporcionar à comunidade a oportunidade de ter acesso a essas plantas e ervas.

Teremos também aulas ambientais para estudantes de escolas públicas e privadas, além da distribuição de mudas para a comunidade,” disse a administradora.

As trilhas do viveiro de plantas medicinais também receberão placas em braile para permitir acessibilidade aos deficientes visuais.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Cidade Verde