Elmano desmente boatos sobre desistência da candidatura ao Senado

PTB Notícias 23/06/2014, 7:26


O ex-prefeito de Teresina (PI), Elmano Ferrer (PTB), classificou como boatos maldosos os comentários que anunciavam que ele teria desistido da pré-candidatura ao Senado Federal.

Elmano garante que possui o apoio familiar e a ajuda do PTB e do senador João Vicente Claudino (PTB) para financiar a campanha.

Segundo informações extraoficiais, Elmano teria desistido da pré- -campanha por não conseguir o apoio da família.

“Na noite em que recebi o telefonema do senador Wellington Dias (PT) anunciando que o senador João Vicente abriu mão da reeleição, a primeira coisa que fiz foi conversar com a minha família.

Se eles não tivessem aceitado, eu jamais teria dado a palavra de ser candidato”, declarou.

Em relação ao financiamento da campanha, o ex- -prefeito afirma que, ao ser convidado para assumir a vaga de senador na chapa da oposição encabeçada pelo senador Wellington Dias, teria recebido todas as garantias necessárias para entrar na disputa.

“Eu recebi até uma ligação do ministro [da Casa Civil] Aloísio Mercadante (PT) me dando apoio.

Isso demonstra que a minha candidatura tem o apoio do Governo Federal.

Agora afirmar que eu vou desistir por falta de dinheiro é um boato maldoso.

Eu recebi as garantias do PTB e do senador João Vicente quanto a isso”, declarou.

Com 73 anos, o petebista está afastado da pré-campanha desde o último dia 13 de junho após sofre um mal-estar durante a visita do ex-presidente Lula ao Piauí.

Exames médicos comprovaram que a indisposição foi resultado da dengue que ele ainda tenta se recuperar.

“Por onde tenho andado tenho sido encorajado a continuar.

Isso não é só em Teresina, mas em todo o Piauí.

Tenho o povo do meu lado e isso é fundamental”, disse.

Incomodado com os rumores de uma desistência, Elmano afirma que não irá aceitar que tentem prejudicar sua pré-candidatura com uma “central de boataria”.

“Acho que isso é até natural com a proximidade da campanha e principalmente depois que nosso nome já aparece muito bem colocado nas primeiras pesquisas que surgiram depois que eu me coloquei como candidato”, comentou.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal O Dia Foto: Divulgação