Elmano Férrer defende estímulo a pequenos produtores no Piauí

PTB Notícias 7/08/2014, 16:23


Apesar dos avanços econômicos registrados nos últimos anos no Brasil, o candidato ao Senado pelo PTB no Piauí, Elmano Férrer, afirma que para o progresso contínuo ainda é preciso investir nas cadeias produtivas com pequenos produtores e empreendedores.

Com seu conhecimento técnico, o ex-prefeito de Teresina lembra que o Piauí é um Estado com todas as condições para dar um grande salto na economia, seja de forma macro, como a exploração das enormes potencialidades como o agronegócio, energias renováveis e mineração, como até mesmo pelo desenvolvimento de cadeias produtivas.

“Por outro lado, temos de buscar empregos de qualidade e oportunidades para nossos jovens.

Defendo polos de desenvolvimento regionais que aproveitem as potencialidades locais.

É a melhor forma de distribuir o progresso por todo o Estado”, acrescentou.

Pós-graduado em Desenvolvimento Econômico, na Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), Elmano já participou de missões técnicas de discussão de políticas de desenvolvimento nos países da Índia, Japão, Senegal, Malí, Chile, Uruguai, França e Itália.

A Cepal, reconhecida internacionalmente, se dedica ao estudo dos desafios que propõe a necessidade de retornar o caminho do crescimento sustentado.

Elmano Férrer reforça que o apoio ao desenvolvimento econômico a partir do fortalecimento das cadeias produtivas é uma forma ainda de reduzir as desigualdades sociais.

De acordo com ele, o atraso histórico que o Piauí viveu exige um gigantesco esforço para poder transformar nossos indicadores.

“Avançamos como nunca nos últimos 15 anos, especialmente no governo Wellington Dias, e esse feito é inclusive um exemplo mundial.

Precisamos elevar o nosso nível de escolaridade, que é o principal fator de mobilidade social, e possibilitar oportunidades para que todos possam crescer e melhorar de vida, com capacitação para o trabalho, geração de emprego e renda nos quatro cantos do Estado”, ressaltou.

Servidor de carreira, além de administrar Teresina durante três anos, Férrer ocupou também os cargos de secretário do Desenvolvimento, presidência do conselho Diretor do Centro de Apoio a Pequenos Empreendimentos (Ceape/PI), direção da Unidade de Pesquisa da Embrapa/PI e a assessoria do Conselho Deliberativo do Sebrae, bem como foi técnico da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico, Tecnológico e Turístico do Piauí.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria de Elmano Férrer (PTB-PI)Foto: Divulgação/Assessoria