Elmano Ferrer diz que ficará ao lado de JVC para a eleição 2010 no Piauí

PTB Notícias 6/08/2009, 10:42


O vice-prefeito de Teresina, o petebista Elmano Ferrer, vê com preocupação a questão sucessória de 2010 em seu Estado.

Segundo ele, trata-se de algo muito complicado para o seu partido, porque mantém coligação tanto com o prefeito Sílvio Mendes (PSDB), que é da oposição, quanto com o Governo do Estado.

Ele falou ao programa Jornal do Piauí, na TV Cidade Verde.

Ferrer lembra que o PTB atua sob a liderança do senador João Vicente Claudino (PTB).

Mas o assunto será discutido oficialmente apenas em abril do próximo ano.

Em caso de um possível enfrentamento entre João Vicente Claudino e Sílvio Mendes, o vice-prefeito disse que é partidário e grande amigo do senador João Vicente.

“Não existe nenhuma dúvida sobre isso.

Agora, eu gostaria que isso não viesse a acontecer.

Seria muito desagradável, porque fui eleito numa chapa com Sílvio Mendes, numa coligação muito bem construída.

Sinceramente, não analisei essa hipótese.

Eu me sentiria desconfortável, mas temos uma posição política, convicção e lealdade tanto ao prefeito Sílvio Mendes quanto ao senador JVC.

Mas minha decisão será partidária.

“Ferrer disse que assumiu a Prefeitura em três oportunidades e não cometeu nenhum ato que comprometesse a orientação político-administrativa do prefeito Sílvio Mendes.

“É difícil a orientação do vice Elmano Ferrer.

Nosso partido tem dois secretários do Governo Wellington Dias, tem uma vereadora que é secretária do Governo Sílvio Mendes, em Teresina.

Será um momento difícil para o PTB, mas novamente o partido saberá se posicionar de modo a melhor atender a expectativa da população.

“CANDIDATURA DE JVCSobre a possibilidade de candidatura do senador ao Governo, disse que isso pode acontecer porque é meta de todos os partidos políticos chegar ao poder.

Ele não sabe se JVC será candidato pelo Governo ou oposição.

“É uma incógnita.

Temos ouvido declarações de secretários do Governo Wellington e de deputados do PT de que o partido do governador terá candidato próprio.

O vice-governador será governador em caso de afastamento do governador que poderá disputar o Senado.

“Conforme Ferrer, o senador João Vicente tem uma situação bastante cômoda.

“A situação de JVC é cômoda.

Temos pesquisas para análise do partido em que ele aparece sempre na liderança.

Na totalidade dos municípios ele aparece muito bem.

Em Teresina, ele tem uma boa situação, não comparável a do prefeito.

Mas ele também possui uma boa condição que devidamente trabalhada durante a campanha pode gerar os resultados esperados.

“ATUAÇÃO DE SÍLVIO MENDESO vice-prefeito de Teresina declarou que gostaria da permanência de Sílvio Mendes até o final do mandato.

“Meu desejo é de que ele fique até o fim.

Não só meu como de mais de 270 mil eleitores da capital.

Ele foi consagrado na reeleição para mais quatro anos à frente da municipalidade teresinense.

Espero que isso aconteça, que ele leve a administração até o final e conclua as grandes obras que está realizando.

“Em todo caso, salientou que está preparado para assumir o mandato em caso de necessidade.

“Todos os vices têm que estar preparados para assumir quando necessário.

É assim com o José de Alencar, com o doutor Wilson Martins, para o caso de ser convocado tem que estar pronto.

Não é fácil substituir um prefeito da capacidade administrativa e nível de comprometimento com a cidade de Teresina como doutor Sílvio, que hoje é grande liderança do PSDB e do Estado.

“PARCERIA ENTRE GOVERNO E PREFEITURAEle também comentou sobre as parcerias com Governo do Estado e Prefeitura de Teresina.

“Estamos dando contribuição para o desenvolvimento do Estado e da nossa cidade de Teresina.

A decisão a ser tomada será aquela que melhor convier ao povo do Piauí.

O partido cresce desde 2002 e constroi uma possível candidatura do senador JVC, que é falada muito mais pela população do que pelos próprios partidários.

Os partidos querem apresentar os seus candidatos.

Compete aos partidos esse processo de discussão.

Acho que deveria ter ficado no âmbito dos partidos.

Mas a discussão democrática é importante, a população gosta.

Nós somos prudentes.

O senador JVC tem se havido com muita diplomacia e cautela.

“Elmano Ferrer defende que a antecipação do debate sucessório prejudica a administração pública.

“Hoje, Teresina é muito bem administrada, todos nós nos orgulhamos dele.

De outro lado, o governador Wellington Dias está comprometido com o desenvolvimento do Estado.

Não é momento de fofoca, como bem lembrou o prefeito, vamos trabalhar e deixar o assunto da eleição para o próximo ano.

É isso que nós temos de fazer, lutar para fortalecer a parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Teresina.

Existem vários projetos em andamento.

Lagoas do Norte, Plano Diretor da capital, tudo isso representa o anseio da população.

“fonte: site 180graus