Elmano Férrer enaltece escolha de Teresina como sede do ‘Vida no Trânsito’

PTB Notícias 15/03/2011, 7:25


O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) iniciou nesta segunda-feira (14/03) oficinas do projeto Vida no Trânsito, no auditório da Escola Piauiense de Trânsito (EPT).

A ação acontece em cinco capitais brasileiras e é realizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) junto com a Organização Pan-Americana de Saúde, Ministério da Saúde, pela Organização Não-Governamental Global Road Safety Partnership e Prefeitura de Teresina.

O projeto ainda conta com a Comissão Intersetorial de Segurança no Trânsito de Teresina, que colabora para a realização do projeto com fornecimentos de dados, infraestrutura e apoio.

Participam da comissão a Superintendência de Trânsito (Strans), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Detran-PI, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Hospital de Urgência de Teresina (HUT), dentre outros.

Para o prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), o problema do trânsito deixou apenas de ser problema de tráfego na capital e agora passou a ser de saúde pública.

Ele destacou o projeto Salva Vidas, criado pelo Detran, que tem melhorado a vida da população teresinense, e explicou a importância da escolha de Teresina para ser uma das sedes do projeto Vida no Trânsito.

“Temos por obrigação.

É um dever público amenizar esse problema do nosso trânsito”, finalizou.

O diretor geral do Detran-PI, José Antonio Vasconcelos, falou da importância da realização de eventos como o projeto Vida no Trânsito e que espera que a ação tenha caráter permanente.

“Cabe a nós administrar essa situação de acidentes e levar paz ao trânsito.

A indústria de automóvel não para e nós não poderemos parar as ações educativas”, explicou.

O evento teve ainda a palestra de Aldéia Lima, coordenadora da Comissão Executiva em Teresina, que explicou a metodologia de trabalho utilizada pela comissão para que pudessem chegar às cinco capitais com mais índice de acidentes graves e mortes no trânsito.

Foram analisados os dados fornecidos pelos órgãos competentes e verificados os riscos dos acidentes ocorridos no ano de 2010.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal 180 Graus