Elmano Férrer faz pronunciamento e diz que não admitirá “vandalismo”

PTB Notícias 11/01/2012, 8:31


O prefeito de Teresina (PI), Elmano Férrer (PTB), fez um pronunciamento na televisão na noite da última segunda-feira (09/01) sobre as manifestações de estudantes e entidades contra o aumento da tarifa e o pagamento de meia passagem no segundo trecho da integração.

No pronunciamento, o prefeito disse que o processo de integração vem sendo planejado desde que assumiu a administração pública e que de forma inédita abriu um canal de diálogo sobre a planilha de custos.

Por isso, não vai aceitar “atos de vandalismo e violência”.

Elmano ressaltou ainda que a integração de forma integral e com o segundo trecho gratuito acontecerá em até seis meses.

Confira o pronunciamento na íntegra:”Desde que assumimos a administração municipal, nos esforçamos para solucionar um problema antigo da nossa capital, fruto de omissão e do atraso no planejamento.

Trabalhamos bastante para nossa cidade receber essa nova conquista, dialogamos com instituições, segmentos da sociedade, inclusive estudantes e ministério público, para um fato inédito: avaliar a planilha num processo democrático e transparente.

Em respeito aos técnicos e aos funcionários da prefeitura e principalmente a você, não vamos aceitar os atos de vandalismos e violência de quem teve a oportunidade de contribuir, mas preferiu aderir ao radicalismo, tentando impedir que a população usufrua e avalie o novo serviço de transporte.

Teresina é uma cidade pacifica não deseja e não pode voltar atrás.

A segurança pública, função do Estado, vai agir, tenho certeza, para assegurar o direito de ir e vir, assegurar a ordem e a livre manifestação desde que não seja contra nossa cidade, o que não admitimos.

As criticas são sempre bem vindas, mas não usem interesses políticos eleitorais para atacar nossa Teresina, que se transforma a cada dia com tantas conquistas.

A integração, desejada a mais de 20 anos, é uma realidade e vai melhorar com a ampliação das linhas integradas e a gratuidade do segundo trecho em até seis meses, como está prevista.

Muito obrigado, paz e bem querida Teresina!Elmano FérrerPrefeito” Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal 180 Graus