Elmano Férrer parabeniza educadores de Teresina por pesquisa do Ideb

PTB Notícias 3/05/2007, 8:03


O prefeito em exercício de Teresina, o petebista Elmano Férrer, acompanhado do secretário de Governo da Prefeitura, foi até o gabinete do secretário municipal de Educação, Washington Bonfim, cumprimentá-lo pelo resultado da pesquisa do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb – em que a rede municipal de ensino de Teresina obteve o melhor desempenho entre as capitais do nordeste e o segundo lugar entre todas as capitais brasileiras no desenvolvimento educacional.

“Na verdade, na pessoa do secretário de educação do município, estou abraçando a todas as pessoas que fazem a educação em Teresina.

Um trabalho competente que tem rendido excelentes resultados à nossa gente”, disse o prefeito Elmano Férrer.

Washington Bonfim agradeceu e disse que esse resultado é fruto de um trabalho desenvolvido há décadas na rede municipal de ensino.

“A Prefeitura tem se esmerado em prestar um ensino de qualidade.

Isso vem de muitas administrações e tem se tornado um compromisso, reconhecido também pela sociedade”, frisou Bonfim.

O Ideb permite avaliar o rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e médias de desempenho.

As taxas de rendimento são aferidas pelo Censo Escolar da Educação Básica, e as médias pelo Saeb e pela Prova Brasil.

A meta agora é elevar os índices nacionais a 6 pontos, até o ano de 2019, numa escala que varia de 0 a 10, que tem como base índices do sistema educacional de qualidade semelhante ao de países desenvolvidos.

No diagnóstico obtido através do índice, as escolas municipais de Teresina se sobressaem, alcançando a média 4,2 e 3,9, respectivamente, na 1ª e 2ª fases da avaliação do Ideb.

Esse resultado coloca a cidade com o melhor desempenho do que Rio de Janeiro (4,2 e 3,7), Belo Horizonte (4,6 e 3,7) e Porto Alegre (3.

6 e 3,2).

Entre as capitais nordestinas, Teresina também ficou com a melhor média, à frente de São Luís (3,6 e 2,9), Fortaleza (3,2 e 3,5), Recife (3,2 e 2,8), Natal (3,3 e 3,0), Maceió (3,1 e 2,3), João Pessoa (2,9 e 2, 4), Aracaju (2,9 e 2,5) e Salvador (2,8 e 2,2).

fonte: site da Prefeitura Municipal de Teresina (PI)