Em Alagoas, Fernando Collor é homenageado pela Justiça do Trabalho

PTB Notícias 2/07/2014, 10:29


Em visita à sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) – 19ª Região, na segunda-feira (30/6/2014), o senador Fernando Collor (PTB-AL) recebeu, do desembargador presidente Severino Rodrigues, a comenda da Ordem do Mérito Ministro Silvério Fernandes de Araújo Jorge (Grau Grã-Cruz).

A comenda é conferida pelo tribunal a juristas ou personalidades que, direta ou indiretamente, tenham contribuído para o engrandecimento da Justiça do Trabalho.

A 19ª Região do TRT completou 22 anos no sábado (28).

Ela foi criada em 1992, pelo então presidente Fernando Collor, trazendo grande benefício para os trabalhadores alagoanos.

Até então, todas as demandas trabalhistas do Estado tinham que ser resolvidas no vizinho Estado de Pernambuco, o que representava um alto grau de dificuldade para a classe trabalhadora alagoana, com gastos de deslocamentos para acompanhar os processos e participar das audiências.

“Tenho profunda admiração pelos que fazem a Justiça do Trabalho.

E uma satisfação imensa em ter contribuído, de alguma forma, com o seu crescimento, em Alagoas, principalmente porque, quem mais ganhou com isso foi a classe trabalhadora.

Sinto-me muito honrado em receber essa homenagem, que é pra mim, um dos momentos mais importantes, em 40 anos de vida pública”, destacou Collor.

Ele lembrou o legado deixado pelo seu avô, Lindolfo Collor, que, na condição de primeiro ministro do Trabalho da República brasileira, no governo Getúlio Vargas, foi o responsável pela criação e consolidação das leis trabalhistas que até hoje configuram importantes conquistas dos trabalhadores brasileiros.

Durante a visita, o senador tomou conhecimento da conquista do prêmio “Conciliar é Legal” conquistado pelo TRT de Alagoas, pelo sucesso de conciliações realizadas.

Segundo o desembargador Severino Rodrigues, o concurso realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é considerado o Oscar da Justiça do Trabalho.

E Alagoas conquistou o 1º lugar, entre os 24 estados da Federação, graças ao trabalho de juízes e servidores do Núcleo de Conciliação da 19ª Região.

Memorial do TrabalhoNa mesma visita ao TRT, o senador Collor – acompanhado do suplente de senador Euclydes Mello, do diretor jurídico e do presidente do Conselho Estratégico da Organização Arnon de Mello (OAM), Djalma Mello e Carlos Mendonça – conheceu o Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho, que completou, na segunda-feira (30), 20 anos de fundação, e se encantou com o rico acervo que conta a história do grande jurista alagoano e da evolução das relações de trabalho em Alagoas.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do senador Fernando Collor (PTB-AL)Foto: José Ronaldo/Divulgação