Em Arapiraca, Célia Rocha assina termo de doação de terreno para a Ufal

PTB Notícias 14/07/2014, 16:14


O processo de interiorização da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) foi uma luta vencida pelo povo de Arapiraca e, devido a isso, muitos jovens do município puderam realizar o sonho de poder cursar o ensino superior sem precisar se deslocar para a capital Maceió ou para estados vizinhos.

Contudo, muitas barreiras foram enfrentadas para que este sonho pudesse se tornar realidade e hoje a instituição de ensino encontra-se cada vez mais forte e consolidada, atendendo a milhares de estudantes de Arapiraca e regiões circunvizinhas.

Contribuindo para a vinda de novos cursos para a expansão e desenvolvimento do campus, a prefeita Célia Rocha (PTB) reuniu-se na sexta-feira (11/7/2014) com o reitor da Ufal, Eurico Lôbo, para a assinatura do termo que contempla a universidade com o terreno do antigo Presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, situado às margens da rodovia AL-115.

Para Célia, um grande passo foi dado na sexta, o qual contribuirá para o aumento da perspectiva da vida profissional dos alunos, dando a oportunidade para o crescimento acadêmico, com a vinda de novos cursos e consequentemente de novos jovens.

“Este é um avanço considerável pelo nosso povo, tanto buscamos que acabamos conquistando a vinda de uma universidade federal para a nossa Arapiraca.

Hoje temos uma instituição conceituada e que tem gerado frutos.

Acredito que, com a expansão dela, os resultados tendem a aumentar”, considerou a prefeita Célia Rocha.

Ainda segundo ela, a interiorização contribuiu para o crescimento do município e enfatizou a participação do ex-prefeito Luciano Barbosa como um dos grandes nomes para a afirmação da universidade em Arapiraca.

“O apoio do Senado para que este empreendimento pudesse acontecer foi de extrema importância, sem falar nas investidas que foram feitas pelo Luciano para que Arapiraca comportasse uma universidade da grandeza que a Ufal é.

Devemos agora olhar para ela e dar o suporte necessário para que este sonho possa continuar a crescer e a se consolidar”, apontou a prefeita.

De acordo com o reitor da Ufal, Eurico Lôbo, todas as expectativas foram superadas e agora é o momento de vivenciar a construção do desenvolvimento da educação da região Agreste do Estado de Alagoas, reiterando a força e a hospitalidade do povo arapiraquense como um dos atrativos para a expansão desse projeto.

“O nosso objetivo é fazer a Ufal Arapiraca cada vez mais forte.

E eu tenho certeza que, num horizonte muito próximo, nós teremos aqui a representatividade que Campina Grande é para a Paraíba, com uma universidade independente e forte, pujante e com programas de pós-graduação, auxiliado de pessoas competentes.

Logo, esse é um momento de reconhecimento e afirmação da Ufal e de Arapiraca”, afirmou o reitor.

A proposta de doação do terreno foi encaminhada para a Câmara Municipal de Arapiraca para que seja analisada.

Porém, essa decisão só deverá ser votada em agosto, período esse em que o legislativo volta do recesso.

O terreno em questão fica localizado no antigo presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza e comporta uma área de 32.

222,18 m² para a edificação e expansão do campus.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de ArapiracaFoto: Divulgação/Prefeitura de Arapiraca