Em audiência no STF, Lara defende acordo entre Executivo e Judiciário

Agência Trabalhista de Notícias 17/09/2019, 10:39


Imagem Crédito: Fellipe Sampaio/STF

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Luís Augusto Lara (PTB), saiu otimista do encontro entre os chefes de poderes do Rio Grande do Sul com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

O ministro convocou os poderes a comparecerem à audiência de segunda-feira (16) na tentativa de chegar a um acordo após as ações judiciais que trancaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), apresentada pelo governo e aprovada pela Assembleia gaúcha sem reposição inflacionária e sem a correção vegetativa referente ao crescimento da folha de pagamento.

“Tenho certeza que estamos próximos de um acordo entre o Executivo e o Judiciário. A Assembleia tem tido um papel harmonizador, um algodão entre cristais. Temos que colocar em dia a folha de pagamento dos servidores para que o Rio Grande do Sul possa tomar o seu rumo normal de crescimento”, declarou Lara ao sair do encontro.

Como ainda não foi possível chegar a um acordo, o ministro deu mais 15 dias para que os chefes de poderes possam dar seguimento às negociações, quando haverá uma nova audiência de conciliação com a presença do presidente do STF. Caso o consenso não seja possível, Toffoli tomará uma decisão sobre o assunto.

Com informações da Agência de Notícias ALRS