Emenda de deputados médicos é corporativista, afirma Jocelito Canto

PTB Notícias 24/03/2008, 10:21


A importância do projeto do deputado estadual petebista Jocelito Canto sobre a anotação do horário de entrada e saída das consultas médicas nos prontuários, segundo o parlamentar, merece uma repercussão ampla.

Canto destacou a reportagem no jornal Gazeta do Povo, na tribuna da Assembléia Legislativa do Paraná, em que há um inclusive a chamada para que os leitores participem do debate omitindo opiniões sobre o assunto com correspondências ao jornal.

O projeto do petebista, que já foi aprovado em primeira discussão, agora está na CCJ, após apresentação de emenda pelo deputado estadual Felipe Lucas (PPS) que pretende mudar totalmente o mérito da proposição ao querer transformar a anotação de horário de maneira facultativa.

“É um corporativismo dos deputados médicos que assinaram a emenda que acaba com o projeto.

Vamos depois receber a emenda e debatê-la aqui no plenário.

Vou defender o meu projeto”, disse Canto.

VETOJocelito Canto criticou o veto do governador paranaense Roberto Requião ao projeto do parlamentar Péricles de Mello (PT) em que as Universidades Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) e Estadual de Ponta Grossa (UEPG) procedam o reconhecimento dos diplomas expedidos pela Vizinhança Vale do Iguaçu.

Canto foi aplaudido ao manifestar o apoio aos professores que vieram à Assembléia Legislativa do Paraná reforçar a derrubada do veto e o reconhecimento dos diplomas.

A apreciação do veto, porém, foi prorrogada por dez dias.

fonte: site da Assembléia Legislativa do Paraná