Eros Biondini participa de audiência pública no Aglomerado da Serra

PTB Notícias 23/04/2013, 18:51


O secretário de Esportes e da Juventude de Minas Gerais, Eros Biondini (PTB), participou, nesta terça-feira (23/4/2013), de audiência pública na Praça do Cardoso, localizada no Aglomerado da Serra, região Sul de Belo Horizonte.

O objetivo da frente foi aproximar da comunidade, conhecer a realidade local, ouvir suas preocupações e anseios, com o intuito de conseguir mais benefícios para a população da comunidade.

A reunião foi proposta pelo presidente da Comissão de Administração Pública da Câmara Municipal de Belo Horizonte, o vereador professor Wendel, que, na oportunidade, anunciou o lançamento da Comissão de Combate ao Crack e outras drogas.

Segundo o secretário, as ações de enfrentamento às drogas não devem ficar somente no plano das discussões.

Elas precisam ser concretas, para que haja real diminuição da violência e da evasão escolar dos jovens.

“Temos que prevenir.

Abrir espaço para a recuperação dos dependentes químicos por meio de convênios com comunidades terapêuticas”, explicou.

Para o vereador, a criação da comissão de combate às drogas se justifica pelo aumento considerável de usuários de crack, a lei que trata sobre a internação compulsória e o novo modelo proposto pela prefeitura de Belo Horizonte para substituição progressiva do uso do crack por substâncias como álcool, tabaco e remédios controlados, até o paciente atingir a abstinência completa.

“Iremos nos esforçar para minimizar o impacto para a população.

“O tenente-coronel Alfredo Veloso esclareceu que a da Polícia Militar busca maior integração com a comunidade para melhorar o dia a dia de cada pessoa.

“As intervenções da PM são pontuais e específicas, respeitando sempre os cidadãos.

“Entre as reivindicações estão o aumento do número de ônibus, mais escolas, postos de saúde, área de lazer, policiamento, corrimão nos corredores, iluminação, lixeira nas áreas públicas e valorização dos projetos sociais, principalmente, as oficinas para os jovens.

Para Gerson dos Reis, aposentado e morador do aglomerado há 59 anos, realizar a audiência junto ao público ajudou muito, pois abriu espaço para discussão das políticas públicas com o povo.

“Seria interessante abrir ruas nos lugares dos becos, para que a polícia possa subir, aumentando a nossa segurança”, sugeriu.

O próximo passo da Comissão de Administração Pública será encaminhar as demandas levantadas na audiência para avaliação e providências dos respectivos órgãos do poder executivo municipal.

O evento contou ainda com a presença dos representantes da Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Militar, Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Civil, Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, vereadores de Belo Horizonte, BHTrans e lideranças comunitárias.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Secretaria de Esportes e da Juventude de Minas GeraisFoto: Flávia Braga/Secretaria de Esportes e da Juventude de Minas Gerais