Eros participa do lançamento do projeto Exportando Ideias em Uberlândia

PTB Notícias 5/12/2013, 8:25


Difundir experiências e trabalhos efetivos de Uberlândia (MG) para as prefeituras que compõem a Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba (Amvap) e outras cidades.

Esta é a proposta do projeto Exportando Ideias, da Secretaria Municipal Antidrogas e de Defesa Social, lançado na quarta-feira (4/12/2013), em Uberlândia, e que teve as presenças do prefeito Gilmar Machado, do coordenador Estadual do Programa Papo Legal, Ronaldo Viana, do secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Eros Biondini (PTB), e outras autoridades.

De acordo com a secretária responsável pela pasta, Flávia Carvalo, Uberlândia tem sido referência no combate ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas para pequenas cidades que estão ao entorno.

O secretário Eros Biondini falou que para o projeto alçar voo é preciso, sobretudo, criar um clima de união entre todos os municípios.

Segundo ele, Uberlândia está bem a frente porque tem uma pasta própria para essa área e à disposição em ampliar esse leque, levando todas as outras cidades em um crescimento vertiginoso.

Ainda de acordo com o secretário, uma das ações visa capacitar e ajudar a organizar as comunidades terapêuticas e, a partir daí, ultrapassar fronteiras e levar aos municípios menores.

“Em Belo Horizonte e região o projeto já está com resultados animadores e até o encerramento do ano vamos contabilizar tudo e fazer os comparativos”, disse Biondini.

As equipes da secretaria, compostas por profissionais multidisciplinares, têm levado para as escolas, empresas e comunidade em geral, trabalhos recreativos, esportivos e de entretenimento que dão resultado.

Um exemplo é a queda do índice de evasão escolar, de assiduidade e de comportamento de crianças e jovens por onde a secretaria já realizou os atendimentos.

O projeto Exportando Ideias vem fomentar ações de políticas públicas voltadas para a prevenção em todos os níveis, passando basicamente pela troca de experiências que já deram certo.

A secretária de Educação de Santa Vitória, Carla Lima, está animada com as possíveis ações que poderá implementar de acordo com a realidade do município.

“Temos cerca de 22 mil habitantes e muitos jovens.

Essa parceria e essa disposição de auxiliar os municípios menores faz de Uberlândia uma base importantíssima nessa luta árdua de prevenção às drogas.

Sei que o trabalho é sério e só temos a ganhar”, disse.

O presidente do Conselho Municipal Antidrogas (Comad) de Iraí de Minas, Assimir Carlos Freitas, também compartilha do mesmo sentimento de cooperação mútua.

“Temos 8 mil habitantes e já queremos nos preparar, conhecer, somar ideias e projetos que vá ao encontro com o resgate dos nossos jovens.

Uberlândia é parceira e estamos juntos”, ressaltou.

José Braz, presidente do Conselho Tutelar de Cascalho Rico, também elogiou a iniciativa.

“Aqui estamos todos unidos para um só objetivo e Uberlândia está dando exemplo com estas ações nas áreas de esporte, lazer, educação e entretenimento que buscam o resgate do ser humano, da cidadania.

Temos 2,9 mil habitantes ávidos por mudanças e resultados”, salientou.

Até a cidade de Uberaba, que pertence a outra microrregião, mandou um representante para participar dos debates.

Desde o início do ano mais de 60 mil pessoas já foram atendidas pelos programas da Secretaria Municipal Antidrogas e de Defesa Social.

Os atendimentos são individuais, em grupo ou familiares e feitos pela Caravana Antidrogas, Papo Legal, REAGE (Rede Cristã), Rede Empresarial, Bola Cheia, entre outros.

As atividades são desenvolvidas em empresas, igrejas, bem como escolas públicas e particulares e contam com palestras, gincanas, vídeos e debates.

O Papo Legal é um dos programas que compõem a Caravana Antidrogas, que é considerado o “carro chefe” da secretaria.

Por meio desses recursos e atividades interativas, meninos e meninas, pais e responsáveis, educadores e comunidade aprendem, previnem e tornam-se multiplicadores de ações que contribuem com o combate eficaz ao uso e abuso de entorpecentes e drogas lícitas.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal da Prefeitura de Uberlândia Foto: Beto Oliveira/SECOM/PMU