Escritórios Regionais do PTB realizam encontro para definir Diretórios

PTB Notícias 18/02/2011, 9:39


Com o objetivo de ser a quarta via política no estado de São Paulo, o PTB, entre outros projetos para este ano, prepara trocas de comando em várias cidades do interior paulista, entre elas os municípios que compõem três dos 28 Escritórios Regionais do Partido Trabalhista Brasileiro, são eles de Itatiba, de Guarulhos e de Taboão da Serra.

A informação foi dada nesta semana pelo coordenador político dos três Escritórios, Waldomiro Ramos.

Segundo ele, as reuniões ocorrerão sempre aos sábado, às 10 horas da manhã e contarão com a participação dos presidentes de diretórios, vereadores, vice prefeitos e prefeitos das cidades que integram os Escritórios Regionais.

Amanhã, 19 de fevereiro, acontece a reunião do Regional de Itatiba e será realizada na Câmara Municipal de Atibaia, localizada à Avenida Nove de Julho, número 265, no Centro da cidade.

O encontro do Escritório de Guarulhos será em 26 de fevereiro na Câmara Municipal de Arujá, situada à Rua Rodrigues Alves, número 51, região central do município.

E por último a reunião do Escritório Político Regional de Taboão da Serra no dia 12 de março, na Câmara Municipal de Cotia, localizada à Rua Batista Cepelos, 91, Centro.

De acordo com Waldomiro, durante as reuniões os dirigentes municipais serão informados a respeito da resolução editada pelo Diretório Nacional, sobre os mandatos dos Diretórios Municipais os quais vencerão em 28 de fevereiro.

Além disso, haverá discussões sobre legislação eleitoral, reforma política e obrigações dos diretórios municipais.

“Com essas mudanças uma das principais e mais atuantes agremiações partidárias do País, pretende dar sua contribuição para o desenvolvimento político e social do maior estado da Federação”, disse Waldomiro.

“Estamos organizando o PTB para 2012, pois temos como meta eleger cem prefeitos e mil vereadores”, disse o presidente estadual do partido, deputado Campos Machado.

O PTB que já tem um papel de suma importância no desenvolvimento paulista, vê com as mudanças em pauta, uma verdadeira revolução partidária jamais realizada por um partido político em São Paulo, avalia Campos.

Ao mesmo tempo, os 28 Escritórios Políticos Regionais, inaugurados a partir de 2009, também deverão ser reformulados, adaptados, dinamizados e, em alguns casos, reavaliados em relação às atribuições e funcionamentos locais, para que possam ter uma participação efetiva dentro das novas propostas de crescimento do partido no estado, ministrando, entre outros, cursos e seminários para candidatos e para aqueles que pretendem ingressar na carreira política.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Blog do Deputado Campos Machado