Fábio Schroeter busca parceria para melhorar segurança em Campo Verde (MT)

PTB Notícias 30/01/2015, 16:33


A administração municipal de Campo Verde (MT) tem investido em um setor que é um dos grandes gargalos dos governos federal e estadual: segurança pública.

Para aumentar a sensação de segurança da população e contribuir com a diminuição dos índices de criminalidade, a Prefeitura de Campo Verde instalou em 2014 oito câmeras de vídeo em pontos estratégicos da cidade e uma central de monitoramento.

Mais duas câmeras deverão ser instaladas.

Para melhorar ainda mais a vigilância eletrônica na área urbana, o prefeito Fábio Schroeter (PTB), acompanhado pelo secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Aparecido Rudnick, esteve reunido com o secretário-adjunto de Integração de Segurança Pública, coronel PM Joelson Sampaio, na sexta-feira passada (23/1/2015) em Cuiabá, onde apresentou a proposta de parceria para a instalação de um sistema de videomonitoramento veicular.

O sistema, de acordo com Schroeter, captura por meio de fotografias acionadas por sensores instalados na pista, as placas dos veículos e faz o reconhecimento por um sistema chamado Reconhecimento Ótico de Caracteres (OCR).

As informações são gravadas e enviadas a um sistema que as processa e identificada se aquele veículo consta como roubado ou foi utilizado na prática de algum crime.

“É um grande avanço”, destacou o prefeito petebista.

“A gente consegue identificar algumas situações que tenham a ver com a criminalidade, com esse trânsito de veículo, de motos e caminhões, auxiliando, em muito, a polícia para fazer o seu trabalho”, completou.

Além de apresentar a proposta para a instalação do sistema no município, Fábio Schroeter pediu o apoio financeiro do Estado para sua execução.

“A gente trouxe um pré-projeto para o secretário, para que ele possa analisar, sentar com seus pares, para poder ver a possibilidade de fazer uma parceria com o município de Campo Verde, para que a gente possa implantar este projeto”, explicou.

Conforme informou o prefeito, o custo para implantação do sistema é alto.

O software com capacidade para fotografar 300 placas por minuto custa R$ 300 mil.

A esse valor deve ser acrescido o custo de aquisição das câmeras e da central de monitoramento.

Schroeter lembrou que, por ser um investimento alto, o município sozinho não terá condições de custeá-lo.

“Estamos confiantes que o governo vai ser parceiro nesse projeto”, disse.

“Nós precisamos de algum suporte para que a gente possa implantar”, ressaltou.

O petebista lembrou que a parceria é fundamental para que a segurança pública possa ser melhorada e que a administração municipal está fazendo a parte dela.

“O mais importante que eu vejo é o reconhecimento do município de que a segurança é um dever de todos, não é um dever apenas do governo do Estado, do governo federal, é um dever do município também”, disse.

Ao final da reunião, o prefeito Fábio Schroeter, mais um vez, afirmou sua confiança no governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PDT).

“Eu acredito muito no governo do Estado, no governador Pedro Taques, e, pelas primeiras ações, a gente realmente vê que vai ter um grande diferencial, que a segurança vai ser uma das prioridades, assim como a saúde e a educação.

E isso vai impactar muito na sociedade.

A gente tem a obrigação, o dever de ser parceiro nesses casos.

Então eu realmente estou bastante confiante que o governo vai ser parceiro nesse projeto”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de Campo VerdeFoto: Divulgação/Prefeitura de Campo Verde