Favatto quer criar programa especial para o atendimento de idosos

PTB Notícias 11/09/2009, 13:33


Está em tramitação nas comissões permanentes da Assembleia Legislativa do Espírito Santo o Projeto de Lei nº 157/2008, de autoria do deputado estadual petebista Doutor Rafael Favatto, que pretende criar o Programa de Atendimento Geriátrico nos hospitais e unidades da rede pública de saúde do Estado.

A geriatria é o ramo da Medicina voltado para a assistência médica, psicológica e socioeconômica aos idosos.

O objetivo da matéria é prestar atendimento ambulatorial para a promoção da saúde, tratamento e reabilitação de idosos.

Para a implantação do projeto a Secretaria do Estado da Saúde (Sesa) poderá firmar parcerias com entidades privadas e da sociedade civil organizada.

Para o parlamentar do PTB capixaba, a iniciativa é um avanço para a qualidade de vida dos idosos.

“Desenvolver atividades que promovam a reabilitação e o bem-estar do idoso é uma forma de alcançar avanços na qualidade de vida, de um modo geral.

A Constituição Federal, em seu artigo 230, e a Constituição Estadual proclamam o dever do Estado, da sociedade e da família de amparar as pessoas idosas, defendendo sua dignidade, seu bem-estar e garantindo-lhes o direito à vida”, conclui Favatto.

De acordo com o texto do projeto, as instituições de saúde devem criar um serviço de marcação de consultas para organizar o atendimento aos idosos.

As despesas com a ação serão incluídas no Orçamento estadual.

Os idosos são hoje mais de 14,5 milhões de pessoas, 8,6% da população do País.

O IBGE considera idosas as pessoas com 60 anos ou mais.

Em uma década (1990/2000), o número de idosos no Brasil cresceu 17%.

Em 1991 ele correspondia a 7,3% da população.

A expectativa de vida dos brasileiros é, em média, de 68,6 anos.

Estima-se que em 2020 eles sejam 30 milhões de pessoas, cerca de 15% da população brasileira.

fonte: site da Assembléia Legislativa do Espírito Santo