Fernandes: “Precisamos ter a coragem de discutir o parlamentarismo”

PTB Notícias 8/07/2009, 8:49


O Deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) comentou nesta terça-feira, 07, no Plenário, que o Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargador Raimundo Cotrim, publicou um artigo em que defende a aprovação da PEC nº 475, que eleva a aposentadoria compulsória para 75 anos.

Segundo Fernandes, o artigo mostra consistentemente por que o Congresso Nacional precisa aprovar a PEC nº 475.

“Tive oportunidade de passar esse artigo aos 513 Deputados, para que tomem conhecimento dos argumentos.

São homens públicos que podem e querem dar o melhor de suas vidas ao País.

Acho que não é justo castrar a vontade desses funcionários públicos que, em pleno gozo de suas atividades, podem e querem ajudar o País.

Então, peço à Mesa que paute a PEC nº 475-A, para que elevemos a aposentadoria compulsória para 75 anos”, afirmou.

O Deputado do PTB abordou também o debate sobre a reforma eleitoral.

“Essa é uma reforma eleitoral para tapar algumas brechas.

Eu fui bem claro ao dizer que a reforma política tão desejada por todos neste País — até mesmo exaltei que é a melhor reforma, a mais importante neste País — passa, sim, pela discussão do regime de governo.

Precisamos ter a coragem de discutir o parlamentarismo neste País.

As grandes democracias estão calcadas nessa forma de governo, colocando o Parlamento na discussão.

Eu ensejo que, no segundo semestre ou no seguinte, voltemos a discutir o parlamentarismo nesta Casa.

Isso é importante”, disse.

“Está aí a crise do Senado Federal, uma crise administrativa.

Estamos muito incutidos com o presidencialismo, quando sabemos que, no Senado Federal, quem administra, quem é o prefeito daquela Casa é a Secretaria que está hoje sob o encargo do Senador Heráclito Fortes.

Tenho certeza de que nós vamos superar essa crise administrativa.

Ela não pode, de maneira alguma, descambar para crise política.

Estão querendo colocar o Presidente José Sarney como o responsável por todas as mazelas do Congresso Nacional.

O Presidente Sarney se mantém firme, acha que esses problemas administrativos serão superados, porque medidas estão sendo tomadas.

Poderemos, com certeza, marchar com a tranquilidade democrática que o País já está superando há mais de 20 anos e teremos vida longa com o regime democrático deste País”, concluiu o Parlamentar do PTB.

* Agencia Trabalhista de Notícias