Fernando Fiori de Godoy comemora crescimento do Banco do Povo Paulista

Agência Trabalhista de Notícias 28/08/2019, 9:38


Imagem Crédito: Divulgação

A unidade de Holambra (SP) do Banco do Povo Paulista (BPP) alcançou, em agosto de 2019, a marca de R$ 250 mil em créditos financeiros aprovados e concedidos a comerciantes e pequenos empreendedores da cidade, somando 38 contratos efetivados desde a implantação do programa no município, em 2014.

O banco, em 19 anos de atuação, emprestou mais de R$ 2 bilhões e beneficiou aproximadamente 560 mil famílias em todo o Estado de São Paulo. O BPP tem juros mensais de 0,35%, a menor taxa do mercado – e as linhas de crédito podem ser pagas em até 36 meses. O empréstimo varia de R$ 200 a R$ 5 mil para pessoa física e de R$ 200 a R$ 20 mil para pessoa jurídica. O objetivo do programa é facilitar o acesso ao microcrédito, sobretudo a microempreendedores, comerciantes e pequenos produtores que precisam desse suporte para investir e fazer crescer o seu negócio.

Para o prefeito Fernando Fiori de Godoy (PTB), responsável pela vinda da agência à cidade, o crescimento na procura pelo empréstimo nos últimos anos se deu devido à crise e ao interesse dos holambrenses no sentido de abrir ou investir em seu próprio negócio.

“Todos nós sabemos que uma das principais dificuldades do pequeno empreendedor é conseguir financiamento para realizar seus projetos. Trouxemos o programa para Holambra exatamente para ajudar os moradores a realizarem seus sonhos e melhorarem suas vidas. O cidadão, quando prospera, leva junto toda a cidade”, ressaltou.

De acordo com o agente de crédito Fernando Henrique da Silva, o crédito pode ser solicitado por pessoa física ou jurídica, incluindo produtores rurais que desenvolvam atividade produtiva. “O Banco do Povo oferece a menor taxa de juros do país. É uma oportunidade muito bacana para empreender e desenvolver sua empresa”, disse.

Com informações da Prefeitura de Holambra