Férrer ameaça romper com o governo federal por ausência de obras no Piauí

PTB Notícias 17/08/2015, 18:00


O senador Elmano Férrer (PTB-PI) afirmou nesta segunda-feira (17/8/2015), em entrevista ao Jornal do Piauí, que romperá definitivamente com o governo federal caso não haja liberação de recursos para projeto de mobilidade no Piauí.

Segundo ele, o governo possui uma grande dívida com o Estado e declarou que “vai jogar duro” em prol de Teresina e do Piauí.

O parlamentar trabalhista disse que buscou o Ministério do Planejamento e a Casa Civil para discutir a inclusão das obras de duplicação das BRs 343 e 316 no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 3 e que aguarda posicionamento.

“Gostaria de ter informações bem concretas.

Já mostramos o interesse da população de Teresina na duplicação da BR-343 e da BR-316.

Assumi um compromisso com as pessoas para fazer esforços junto à bancada, porque não é uma tarefa só minha, mas também dos senadores Ciro [Nogueira, do PP] e Regina [Sousa, do PT] e dos dez deputados federais, além do governador.

Há uma dívida do governo federal com o Piauí.

Quase todas as capitais já fizeram.

O meu mandato, que é do povo, vai ficar a serviço disso”, disse.

Elmano destacou que, embora pequena, sua força política será usada e que pode romper com o governo.

O senador lembrou ainda que já se posicionou no momento da votação do projeto de ajuste fiscal no Congresso Nacional.

“Temos que usar essa força política nossa, que é pouca, mas temos que usar.

Se não apoiar o Piauí, o governo não vai contar com meu voto.

O primeiro lugar é o Estado.

Em outros tempos, em votação importante, eu mostrei que eu existia.

Vai haver jogo duro em defesa do Piauí e de Teresina”, afirmou.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do CidadeVerde.

comFoto: Wilson Filho/CidadeVerde.

com