Festival de Turismo e Torneio de Pesca agitam Formoso do Araguaia

PTB Notícias 5/06/2007, 12:10


Em um reservatório de 24 mil metros quadrados, no Calumbi II, pescadores do Tocantins, Goiás e Minas Gerais distribuídos em 10 equipes, disputaram em meio ao sol forte e temperaturas que chegavam a 40°, o 6º Torneio de Pesca Esportiva de Formoso do Araguaia/TO – cidade administrada pelo petebista Pedro Resende – durante o último final de semana.

Os vencedores do campeonato, equipe Fazenda Recanto de Formoso, foram premiados com um barco de cinco metros, um troféu, varas de pescar e bolsas, pela pesca do maior exemplar, um tucunaré de 60 cm.

De acordo com Alexandre Roberto, idealizador do evento, a competição foi satisfatória pelo saldo positivo, já que é o primeiro realizado pela STOPE – Sociedade Tocantinense de Pesca Esportiva, entidade a qual ele preside.

“Essa é uma forma de divulgar cada vez mais a pesca esportiva, encontro de adeptos do segmento e onde os pescadores podem colocar na prática seus conhecimentos”, resume Alex.

A Agência de Desenvolvimento Turístico apoiou o torneio, com repasse de recursos, por meio de convênio com a STOPE, para aquisição dos prêmios.

A equipe colocada em segundo lugar recebeu também um barco de 4,5m, mais troféu, e o 3º lugar ganhou um motor elétrico e troféu.

As equipes que ficaram em 4ª e 5ª colocação também receberam prêmios e medalhas.

O Torneio de Pesca aconteceu simultaneamente à 1ª Festa do Turismo e da Pesca e do 1º Festival Gastronômico à Base de Peixe.

A programação da 1ª Festa do Turismo em Formoso do Araguaia contou com ciclo de palestras com temas como “Turismo de Observação de Aves”, ministrada pelo professor da UFT – Universidade Federal do Tocantins, Renato Torres Pinheiro, e apresentação cultural do grupo indígena “Povo Javaé”, que dançou ao ritmo de músicas entoadas por vozes fortes dos índios da aldeia Canuanã, da Ilha do Bananal, fazendo alusão à fartura de comida para seu povo.

As exposições de artesanato também chamaram a atenção do público que prestigiou o Centro Cultural Jorge Soares.

Colares em sementes, bolsas e chapéus em palha e peças em barro no mais tradicional artesanato indígena foram vendidos durante toda a festa.

No último dia, houve desfile de peças em palha, como bolsas e trançados, artesanato resgatado da cultura indígena durante oficina realizada no evento.

O Festival Gastronômico à Base de Peixe foi prestigiado pelos visitantes e os pratos mais degustados foram o “Tucunaré frito” e “Pirosca Empanada com molho”.

O cardápio foi elaborado e vendido pela barraca da Associação dos Moradores do Setor São José, de Formoso do Araguaia.

No encerramento da festa e entrega dos prêmios para os vencedores do torneio de pesca, o prefeito de Formoso do Araguaia, Pedro Resende (PTB), fez suas considerações e disse que o turismo o diferencial de Formoso e que sua gestão vai trabalhar com o objetivo de divulgar a pesca esportiva e agregar outros produtos como a gastronomia e o artesanato.

“Estamos trabalhando para que a comunidade tenha consciência da importância do turismo”, disse o prefeito em entrevista.

Ele ainda afirmou que em sua gestão todos os anos serão realizados os festivais de turismo, pesca e gastronomia.

“Precisamos divulgar a pesca esportiva e esse é um jeito bom, já que os parceiros como Cipama, Naturatins, Adtur, entre outros estão aqui para multiplicar, ressaltou o prefeito de Formoso”.

Técnicos da Adtur aproveitaram as festas para coletarem dados para a Pesquisa de Demanda Turística.

Os pesquisadores preencheram cerca de 150 questionários em entrevistas com visitantes e pescadores esportivos que participavam do torneio.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do jornal A Notícia)