Frank Aguiar pode continuar na Câmara; Executiva do PTB discute situação

PTB Notícias 10/12/2008, 15:45


O deputado federal Frank Aguiar (PTB/SP) afirmou que pode abrir mão da vice-prefeitura de São Bernardo do Campo para permanecer no Congresso.

Frank diz que sua vontade é ir para São Bernardo, mas que a alegação de Luiz Marinho (prefeito eleito no município) e da bancada do PTB na Câmara dos Deputados, é de que ele seria mais útil para o ABC em Brasília, podendo trabalhar pela aprovação de emendas para a região.

Segundo o deputado, os petistas o alertaram que apenas ele e o também deputado Vicentinho (PT-SP) trabalham ao lado do governo na Câmara pelos habitantes da cidade.

“Eu quero ficar em São Bernardo, lá é meu lugar, mas eles [Lula e Luiz Marinho] entendem que aqui [na Câmara] eu ajudo mais a cidade”, disse.

Frank Aguiar está em seu primeiro mandato na Câmara e foi eleito no segundo turno para a vice-prefeitura de São Bernardo, ao lado do ex-ministro Luiz Marinho.

Para assumir o mandato no ABC, ele teria que renunciar ao cargo no Congresso.

Executiva discute situação de FrankDurante a reunião da Comissão Executiva Nacional, realizada nesta quarta-feira (10/12), em Brasília, o Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, levou aos petebistas a manifestação da bancada do partido na Câmara em favor da permanência de Frank Aguiar em seu mandato de deputado federal.

Segundo o Presidente do PTB, o deputado Frank Aguiar, que foi eleito vice-prefeito de São Bernardo do Campo, estaria indeciso entre permanecer na Câmara dos Deputados ou assumir, a partir de 1º de janeiro de 2009, seu novo posto na Prefeitura.

O deputado Alex Canziani defendeu, na reunião da Executiva, a permanência de Frank Aguiar na Câmara dos Deputados, e reiterou que ao se manter como deputado, Aguiar poderá estabelecer um canal mais proveitoso para a cidade de São Bernardo do que se ficasse na vice-prefeitura.

Já o deputado estadual Campos Machado, presidente do Diretório Estadual do PTB em São Paulo, lembrou a importância do município de São Bernardo não só para o Estado mas também para o País, e reiterou que, apesar de acreditar ser importante para o partido ter o vice-prefeito daquela cidade da região do ABC, irá apoiar qualquer decisão que for tomada pelo deputado petebista.

O líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes, afirmou que a bancada apóia a intenção de Frank Aguiar de permanecer como deputado por entender que a atuação se tornará apagada como vice-prefeito.

Jovair lembrou que Frank Aguiar, em São Bernardo, é mais popular do que o prefeito Luiz Marinho, e é um companheiro importante para a bancada petebista.

O presidente da Fundação Instituto Getúlio Vargas, Benito Gama, sugeriu na reunião que o partido não formalizasse qualquer moção a favor ou contra a permanência de Frank Aguiar, por acreditar que a decisão é de foro íntimo do deputado.

Esta opinião foi seguida pelo senador Sérgio Zambiasi, ao afirmar que “a decisão do Frank Aguiar é a nossa decisão.

O que ele decidir, estará bom para o partido”.

O Presidente do PTB, Roberto Jefferson, referendou a posição do senador Zambiasi.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Folha Online)