Galindo celebra um ano do Centro de Atendimento a Vítimas de Violência

PTB Notícias 31/07/2009, 14:12


O Centro de Atendimento a Mulheres Vítimas de Violência (Reviv), da Prefeitura de Cuiabá, comemorou nesta semana, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Mato Grosso, um ano de funcionamento.

Foram entregues troféus Reviv às diversas personalidades e instituições que colaboram com esse projeto idealizado pela professora Jacy Proença e encampado pela Prefeitura de Cuiabá.

“Sem o apoio pessoal e estrutural do prefeito Wilson Santos, do vice-prefeito Chico Galindo e da Prefeitura, em todos os seus segmentos, o Reviv não se tornaria a realidade que tanto sonhamos”, disse Proença.

“Estendo aqui meus agradecimentos, em nome da equipe do Reviv, ao interesse e participação do prefeito para que pudéssemos chegar neste estágio.

Se ele não nos estendesse as mãos, de maneira forte, incentivadora, não teríamos conseguido ir adiante”.

Participaram dessa solenidade autoridades do Judiciário, Legislativo e do Executivo.

O prefeito Wilson Santos foi representado pelo seu vice, o petebista Chico Galindo.

A mesa de honra foi composta ainda pelo vereador Roosivelt Coelho, desembargadora Shelma Lombardi de Kato, vice-prefeito (prefeito em exercício na data) Chico Galindo, professora Jacy Proença, Angelina Setúbal (gerente Reviv), jornalista Flávio Garcia (secretário de Comunicação Social de Cuiabá), jornalista Sueli Batista, Ana Emília (presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher), promotora Lindinalva Correa e juíza da Vara de Família, Amini Haddad Campos.

O vice-prefeito Chico Galindo (PTB-MT) enalteceu o trabalho de Jacy Proença e reafirmou a disposição da Municipalidade em contribuir sempre com a edificação desse projeto.

“Como é bom plantar uma semente na vida! Você é uma heroína, professora Jacy Proença, uma pessoa espetacular.

O ofício que você me enviou, convidando-me para receber este troféu, já resume o que é o Reviv.

Pode contar conosco, porque seu trabalho é incansável e merecedor de apoio das instituições e das pessoas voltadas ao bem.

Você assumiu uma batalha difícil, professora, mas tem cumprido com êxito essa jornada”.

Galindo disse que a violência doméstica era tratada até há pouco tempo com indiferença, “pois a maioria a considerava como problema de ordem particular.

Passou a ser uma luta pública e política, e o Reviv reforça esse compromisso de todos nós para que a Justiça se consolide em prol daquelas injustiçadas em seus próprios lares”.

A desembargadora Shelma Lombardi disse que o Reviv se tornou referência nacional e internacional, em face do trabalho abnegado que a professora Jacy Proença faz na concepção e aprimoramento desse programa: “O Reviv projetou Cuiabá em nível internacional.

A homenagem que recebi (troféu) é muito mais simbólica pelo que representei no Tribunal de Justiça de Mato Grosso na fase de implementação do Reviv.

Trabalho a cargo dessas mulheres guerreiras.

Uma caminhada próspera na construção da igualdade e da Justiça”.

Lombardi lamenta que a violência doméstica esteja inserida entre os fatos cotidianos do Brasil e do mundo inteiro.

“Como é cruel essa situação de milhões e milhões de vítimas mundo afora! Mulheres que têm suas vidas sacrificadas por toda sorte de crueldades, violência que lhes supre o direito de viver em harmonia com seus filhos”.

fonte: site da Prefeitura de Cuiabá (MT)