Geovane Fernandes solicita coleta de resíduos em bairros de Curitiba

PTB Notícias 24/02/2014, 16:21


O vereador Geovane Fernandes (PTB) encaminhou à Prefeitura de Curitiba (PR) 54 requerimentos solicitando coletas de resíduos vegetais nos bairros Xaxim, Boqueirão e Alto Boqueirão.

“Os pedidos partiram dos moradores dessas regiões, os principais prejudicados pelo acúmulo de material vegetal.

Estes resíduos posteriormente são transportados pelas águas da chuva e acabam obstruindo as bocas de lobo, o que ocasiona alagamentos”, justificou.

No Xaxim, o vereador solicitou coleta de material vegetal nos seguintes locais: rua Luiz Renato Mocelin, entre os números 359 e 368, na esquina com a rua Adão Nivaldo de Oliveira; rua Santo Garbuio, número 104; rua Hélcio da Cunha Ajus, número 219, esquina com a rua Santo Garbuio; rua Vereador Osvaldo Nascimento Bittencourt, em frente ao número 556; rua Adão Nivaldo de Oliveira, em frente aos números 40 e 68; rua Constantino José de Almeida, em frente aos números 116 e 137 e rua Ragi Izar, número 1788, entre outros locais.

Alguns pontos específicos do bairro Boqueirão também foram contemplados com solicitações por parte do vereador Geovane Fernandes.

São eles: rua Acir Boza, número 400, antigo número 84; rua Gabriel Corisco Domingues, número 314; rua Paulo Setúbal, número 3442,; rua Salvador Ferrante, número 2037; rua Padre Dehon, número 3111; rua Isaías Régis de Miranda, número 3762, entre outras localidades.

Os pedidos do parlamentar também se estenderam ao bairro do Alto Boqueirão, que enfrenta dificuldades semelhantes em relação à coleta de material vegetal.

O serviço foi requerido, entre outros pontos, nas ruas: Danilo Pedro Schreiner, número 375; Jorge Simão, número 350 e Érico Andreta, em frente ao número 271.

Para o vereador Geovane Fernandes, “compete aos vereadores, além das suas atribuições habituais, prestar atenção às questões que podem ser geradoras de desconforto e prejuízo para a população.

Se é possível proporcionar uma solução, por que não fazê-lo?”, indaga.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Câmara Municipal de CuritibaFoto: Andressa Katriny/CMC