Geraldo Coelho defende liberação de madeira a indústrias do Polo Gesseiro

PTB Notícias 3/08/2009, 19:35


O deputado estadual petebista Geraldo Coelho foi à tribuna da Assembléia Legislativa de Pernambuco, nesta segunda (03/8), para criticar a restrição imposta pelo Ibama às indústrias do Polo Gesseiro de Pernambuco relativa à utilização da lenha extraída da obra da Transposição do Rio São Francisco.

Coelho comentou que o órgão ambiental insiste em proibir a queima do material pelas indústrias gesseiras da Região do Araripe, medida que, na opinião do parlamentar, tem prejudicado o desenvolvimento do setor.

A madeira é uma das principais fontes de energia das indústrias do gesso.

Coelho defendeu a ida de um grupo de deputados à região.

Segundo o deputado Bringel, do PSDB, no local estão armazenados mais de três mil metros cúbicos de lenha.

O produto, de acordo com o parlamentar, está apodrecendo em virtude da decisão do Ibama.

Bringel salientou que sessenta por cento da economia do Araripe depende da produção do gesso.

Esmeraldo Santos, do PR, e Maviael Cavalcanti, do Democratas, também defenderam a liberação imediata da madeira.

fonte: site da Assembléia Legislativa de Pernambuco