Gim Argello: “Sempre confiei no bom senso e na justiça do Senado”

PTB Notícias 22/08/2007, 9:09


O senador Gim Argello, do PTB do Distrito Federal, emitiu às 18h desta terça-feira (21/8), por meio de sua assessoria, uma declaração oficial a respeito do arquivamento da ação proposta contra ele pelo PSOL.

“Sempre confiei no bom senso e na justiça do Senado”, afirmou o Senador cerca de uma hora depois de a Mesa Diretora decidir rejeitar o pedido de investigação por possível quebra de decoro parlamentar.

Conforme a nota ditada pelo gabinete de Gim Argello, o senador disse ter sempre confiado em sua inocência e estar “agradecido” pela decisão da Mesa.

“Agora, vamos trabalhar pelo Brasil e por Brasília, principalmente”, afirmou o senador, que tomou posse em 17 de julho, depois da renúncia de Joaquim Roriz (PMDB).

Ainda durante a reunião da Mesa, o advogado de Gim Argello, ex-senador e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Maurício Corrêa, disse que uma ação contra seu cliente no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar feriria decisão daquela corte, uma vez que as acusações contra o suplente de Roriz referiam-se a período anterior à sua posse.

– Mas antes de tudo é preciso deixar claro que não há nada contra o senador, a não ser citações em escutas telefônicas – afirmou Corrêa antes de anunciar que, se a representação prosperasse, ele ingressaria com ação no STF.

fonte: Agência Senado