Gim quer energia elétrica subsidiada para consumidores de baixa renda

PTB Notícias 29/07/2011, 8:00


Está na pauta da próxima reunião da Comissão de Infraestrutura do Senado proposta de Gim Argello, do PTB do Distrito Federal, que torna grátis os primeiros 30 KW/h mensais de energia elétrica para consumidores residenciais de baixa renda.

Contudo, de acordo com o projeto, sobre o consumo que exceda 30 kWh/mês não será concedido qualquer desconto.

O projeto do senador Gim Argello tem voto favorável do relator, senador Delcídio Amaral (PT-MS), com emenda do próprio autor, definindo em até 30 KW/h a faixa de consumo geradora de gratuidade.

O senador Gim Argello, em seu projeto ( (http://www.

senado.

gov.

br/atividade/materia/detalhes.

asp?p_cod_mate=92794″ target=”_blank) PLS 365/09), inovou ao propiciar condições para que o consumidor de baixa renda adira a um sistema de pré-pagamento da tarifa de energia elétrica e, assim, possa receber, gratuitamente, a cada mês, certa quantidade de energia, de modo a atender a suas necessidades mais básicas, a proposição atinge o objetivo de criar opções para essa parcela da sociedade e contribui para redução das desigualdades sociais.

“Note-se que esse impacto positivo pode ser potencializado pela inovação que nos traz o PLS, permitindo a introdução da opção de pré-pagamento, tão bem sucedida para a telefonia celular.

Essa potencialização é proporcionada pela possibilidade de as famílias planejarem o quanto gastar com energia no mês”, justifica o projeto do senador petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM), com informações da Agência Senado