GO: Deputado Talles Barreto diz que lutará pelos repasses aos municípios

PTB Notícias 15/08/2014, 8:43


Em busca da reeleição à Assembleia Legislativa de Goiás, o deputado Talles Barreto (PTB), em entrevista ao Diário da Manhã, relatou a disposição dos quatro anos de mandato e caminha para continuar o trabalho, principalmente na área do esporte e turismo ao lado do governador e candidato à reeleição, Marconi Perillo (PSDB).

Presidente da Comissão de Turismo na Assembleia, Talles também presidiu por um período a Comissão de Orçamentos.

O deputado ainda salienta que participou de várias comissões da Assembleia Legislativa e apresentou mais de 130 projetos.

Além de ser um deputado que entrou com a representatividade do esporte enquanto presidente da Agência Goiana de Esporte e Lazer (Agel), Talles Barreto conseguiu atuar de forma municipalista em busca de recursos.

“Mantemos a referência da bandeira do esporte que foi o principal eixo reflexo da minha eleição a deputado estadual em 2010.

” Ressaltando a atuação do governo, tanto nas áreas de cultura, turismo e esporte, o deputado petebista avalia que busca os municípios, cujos diagnósticos refletem uma carência nas áreas.

“Me tornei um deputado mais municipalista e atuação forte buscando atender a sociedade, para os municípios os quais represento dentro do esporte mediante uma atuação positiva.

“Assembleia LegislativaQuanto à atuação da Assembleia Legislativa, Talles Barreto afirma que é preciso gostar do parlamento.

Mesmo que tenha ocupado outros cargos executivos, o deputado afirma que se identifica com a Casa.

Talles Barreto pondera que o legislador também tem dificuldades em ações, porém consegue atender a sociedade e o político se estabelece como elo de ligação entre os órgãos e o governo do Estado.

“Sou um deputado de muita participação e sempre defendi o governo porque acredito no Marconi.

“Na Assembleia, o deputado também foi relator de alguns projetos enviados pelo governador, que considera importante na atuação como legislador.

“Estamos colhendo bons benefícios.

” Atuei em defesa de mudança da educação, principalmente junto com o governo.

Junto com o secretário de Saúde, com a coragem do governador em relação as OS que é um reflexo importante na sociedade.

Na renegociação do Ipasgo quando estavam com as contas complicadas, acreditaram na condução do trabalho.

CelgRelator do projeto de iniciação com a Eletrobras referente à federalização da Celg, Talles Barreto pontua que o grande problema da companhia elétrica foi “a venda da mina de ouro”.

Conforme posiciona o deputado, a dificuldade que a Celg passa é o mesmo que muitos outros estados também passam.

“É nacional das centrais elétricas.

Enquanto o custo da energia comprada que se vende mais barata.

Hoje os valores e os recursos que ganham essas usinas depois que foram privatizadas são fortes e o Estado ficou com a Celgpar, que tem um custo alto e que não é repassado para o consumidor.

“Defendendo a federalização da Celg, o deputado afirma que a Eletrobras precisa tomar essa responsabilidade que será importante para o desenvolvimento de Goiás, junto ao bom senso da presidente Dilma Rousseff que, de acordo com Talles Barreto, sempre foi muito republicana e ajudou Goiás.

“Temos bons horizontes para 2015 com a federalização e realmente, com a Eletrobras assumindo a parte, que são 51% das ações, tenho certeza de que Goiás vai ter um avanço maior podendo as empresas fazer investimentos com uma qualidade melhor.

“Dilma e MarconiO PTB apoia em nível estadual o governador Marconi Perillo, porém para a presidência da República tem parceria com o projeto de reeleição de Dilma Rousseff.

Talles Barreto afirma que, quanto ao movimento Dilmar, segue a orientação do presidente do partido em Goiás, Jovair Arantes, e respeita o posicionamento da sigla.

TurismoComo presidente da Comissão de Turismo na Alego, o deputado relata que o projeto pronto para ser aprovado na Casa é o pró-turismo, sob o modelo do esporte e da Lei Goyazes.

Talles Barreto considera que não só o Araguaia, mas vários outros pontos turísticos que podem ser explorados por meio da parceria com o setor privado e crédito outorgado.

“Sabemos que será o grande projeto para 2015 para alavancar o turismo e atender uma demanda importante e criar uma independência da própria Goiás Turismo e fomentar o turismo.

“PropostasTalles Barreto disse que busca a política da seriedade.

Além do esporte, o deputado pretende atuar, caso seja reeleito, também na cultura.

“É preciso valorizar a sua cultura, quem não a tem é um povo pobre.

” O deputado considera que em termos de infraestrutura Goiás está bem encaminhado com o governador e salienta que grandes projetos da educação foram e serão executados.

Na segurança pública, o deputado ressalta que também está sendo investidos recursos.

“Não concordamos com a lei estabelecida que somente o Estado fica responsável pela segurança pública, o governo federal também deve ter responsabilidade quanto a isso, seja na estrutura penal, onde as leis estão brandas.

” Talles Barreto afirma que quer que o preso dentro da penitenciária seja um reeducando para voltar à sociedade não vindo da escola do crime.

“O governo federal não pode estar omisso e precisa ter parceria com o Estado.

“Talles Barreto reconhece que a imagem do político está arranhada pela corrupção, porém não ocorre só no meio dos políticos.

“Em todos os poderes existe corrupção que gera o desânimo.

O eleitor tem essa responsabilidade também.

” O deputado ressalta que a coletividade é um motivo para se trabalhar melhor na Alego e condena aquele político que paga o voto, que não vê a obrigação em ajudar o município e o eleitorado.

“A responsabilidade de mudar é da nova geração que propõe a renovação.

Estamos contribuindo com o povo goiano.

“O deputado ainda acrescenta que o eleitor precisa avaliar o político.

“O Estado está em uma ascensão forte que não pode ser interrompida.

A gestão que o governador criou é prática, com energia e disposição.

Governador Marconi é disparado o melhor candidato para Goiás por tudo que já fez e ainda pode fazer, e isso não pode ser interrompido.

Reeleição com renovação é pela experiência e disposição.

“Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Diário da Manhã Foto: Y.

Maeda/Alego