Governador promete a Vera providências sobre asfalto de Novo Aripuanã

PTB Notícias 17/05/2014, 8:40


A deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM) conversou com o governador José Melo e este prometeu tomar providências sobre denúncia da má qualidade do asfalto de Novo Aripuanã (a 227 km de Manaus), onde ela esteve recentemente.

No dia 13 deste mês, na tribuna da Assembleia Legislativa, Vera denunciou a empresa PR Construções Terraplenagem, apresentando imagens e pedaços de asfalto recolhidos nas ruas da cidade: material de péssima qualidade, apesar de um convênio de R$ 11.

904.

603,72.

Além do mais, segundo ela, “a empresa é boa de ganhar licitação no Estado”.

Igualmente denunciou obra inacabada de escolas, inclusive uma para educação indígena.

Na quinta-feira 15, Vera teve uma reunião com o governador e a titular da Seinfra (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Valdívia Alencar, quando explicou a situação.

“Passei todas as fotos, informações, todas aquelas imagens que mostramos no plenário”, conta, explicando como fez isso.

“Levei aquelas amostras para ele, coloquei na mesa de trabalho dele.

E na hora ele começou a ligar para a empresa, chamando para uma reunião mais tarde.

A secretária Valdivia também já está tomando providências.

O governador disse que vai tomar todas as providências e esperamos que sim, porque as coisas não podem ficar sem solução.

Afinal, houve um convênio de quase 12 milhões de reais para asfaltamento e recuperação das ruas, mas o asfalto é de péssima qualidade”, afirma.

De acordo com a deputada, depois de receber reclamações, ela foi verificar o trabalho que estava sendo realizado pela empresa.

“Fui verificar in loco.

E o que percebemos? As ruas que haviam acabado de ser asfaltadas, já estavam com o asfalto todo solto, aquelas placas soltas, jogadas nos cantos.

Eu fui ver as máquinas trabalhando ali, jogando aquela mistura de seixo e areia, de cores escurecidas, mas que não é totalmente asfalto.

Aquilo se desfazia como uma poeira”, insiste Vera Lúcia, ESCOLA JULIETA Vera Lúcia também agendou uma reunião com o secretário de Educação Rossieli Soares da Silva.

Ela quer explicações sobre a tradicional Escola Julieta Lopes, que está sendo reformada há três anos e o prazo era de apenas seis meses.

Essa informação a deputada recebeu de alunos e vereadores, mas como não tem mais placa em frente da obra, ela conversará com o secretário.

A empresa é a mesma do asfalto.

“A PR é uma construtora que, segundo consta, vence licitações à vontade.

Quero saber que empresa é essa, porque os serviços que tenho visto são de péssima ou nenhuma qualidade”, garante.

Quanto a escola destinada à educação indígena, Vera explica que está juntando documentos para denunciar na Polícia Federal porque, para esse tipo de escola, são usadas verbas federais.

Por outro lado, o que se comenta nos bastidores é que podem surgir, da parte de deputados, outros pedidos de esclarecimento sobre convênio de empresas com o Estado, para obras no interior.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da Deputada Vera Castelo Branco (PTB-AM) Foto: Divulgação