Governo autoriza pedido de Aloísio Classmann e libera ICMS para operações

PTB Notícias 9/07/2012, 13:27


A partir de 1º de agosto as operações realizados com a cinza da casca de arroz estarão isentas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), no Rio Grande do Sul.

A solicitação do líder da bancada do PTB na Assembleia Legislativa, deputado Aloísio Classmann, que tramitava desde o início do ano, recebeu a aprovação do governo estadual.

O benefício também se estende para as correspondentes prestações de serviço de transporte do insumo.

“O governo gaúcho foi sensível a este pleito, que trará benefícios econômicos e ambientais para o nosso Estado”, destacou o parlamentar.

Segundo o empresário Odilo Deves, de São Borja e que atua neste setor, além de matéria-prima para as indústrias eletrônica, automotiva, construção civil, cerâmica e química, o produto obtido com o processo de micronização das cinzas da casca de arroz é uma alternativa de proteção ambiental.

Hoje, o estado produz mais de um milhão de toneladas de casca de arroz, segundo dados da Associação Brasileira do Arroz, material queimado e jogado nos rios e lavouras.

“Trata-se de um incentivo ao desenvolvimento sustentável, que possibilita a geração de empregos, impulsiona a economia e não agride o meio ambiente”, afirma Classmann.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Agência de Notícias ALRSFoto: Vinícius Filipin/Agência de Notícias ALRS