Graça Amorim consegue consenso de vereadores em Teresina

PTB Notícias 2/12/2008, 11:37


Com mais uma hora de discussão, os vereadores de Teresina entraram num consenso e decidiram emendar as alterações propostas pelo vereador Jacinto Teles (PT) ao projeto de lei que cria a Guarda Municipal.

O adiamento da votação ocorreu pela preocupação da vereadora Graça Amorim (PTB) em não votar as modificações do petista em forma de substitutivo, como foi enviado ao Plenário.

A vereadora ressaltou o risco que o projeto assumiria caso fosse aprovado daquela forma.

Segundo ela, posteriormente poderia ser decretada sua ilegalidade.

Diante disso, ficou decidido que as propostas inseridas pela Câmara no projeto inicial da Prefeitura seriam apresentadas em forma de emenda na próxima terça-feira (02), quando ocorrerá a primeira votação.

Os parlamentares advindos da área da Segurança Pública, Jacinto Teles (PT) e R.

Silva (PP), tentaram convencer os demais parlamentares a aprovar o substitutivo.

No entanto, a vereadora Graça Amorim (PTB) explicou que defendia algumas alterações que haviam sido propostas, mas votava contra por causa de ilegalidades presentes.

Para Graça Amorim, o vereador Jacinto sugeriu alterações de competência exclusiva da prefeitura, como criar um órgão na estrutura organizacional do Executivo.

“Sou contrária ao substitutivo, por zelo à Lei Orgânica do Município e ao Regimento desta Casa.

O vereador Jacinto está criando um órgão na estrutura da Prefeitura, isso é competência exclusiva do Prefeito.

Sou contra não pelas sugestões apresentadas, pois defendo algumas delas”, enfatizou a parlamentar.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do TV Canal 13)