Graça Amorim critica demissão de terceirizados na prefeitura de Teresina

PTB Notícias 20/02/2013, 7:05


A vereadora Graça Amorim (PTB) se pronunciou na sessão de terça-feira (19/2/2013) da Câmara de Vereadores sobre a demissão de terceirizados que está acontecendo na prefeitura de Teresina (PI).

Segundo ela, seu gabinete vem recebendo constantes visitas de pessoas que trabalham há muitos anos na prefeitura e que agora foram dispensados.

“São pais de família que trabalham há 15, 18 anos na prefeitura.

Muitos deles trabalharam na gestão do ex-prefeito Elmano Férrer, mas já trabalhavam antes.

Outros votaram até no prefeito Firmino.

Mesmo assim são dispensados.

Isso pode se configurar perseguição política”, desabafa a vereadora.

Graça reconhece que os cargos de confiança são de livre nomeação e que estes devem ser escolhidos pelo gestor, mas que os terceirizados são celetistas e têm direitos trabalhistas.

“Terceirizados têm vínculo indenizatório.

É preciso que a gente denuncie isto aqui na tribuna para que o Ministério Público tome conhecimento.

Estas pessoas não vão para o gabinete dos procuradores denunciar.

Eles vêm para os nossos gabinetes aqui na Câmara.

Nós somos os seus representantes.

“Segundo a vereadora, estas demissões estão comprometendo os serviços oferecidos pelo poder municipal.

Setores da Saúde, Assistência Social, Educação estão sendo atingidos.

“São contratos cancelados, demissão de comissionados, terceirizados.

Há professores sendo dispensados em escolas onde é comprovada a existência de vagas.

A ordem parece que é limpar tudo”, denuncia.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com reprodução do portal Cidade Verde