Graça se reúne com prefeito de Teresina (PI) e pede aprovação de projetos

PTB Notícias 2/08/2013, 6:38


Com três pautas de discussão na pasta, a vereadora de Teresina (PI) Graça Amorim (PTB) se reuniu na quarta-feira (31/7/2013) com o prefeito Firmino Filho e o secretário Municipal de Governo, Luciano Nunes.

Foi a primeira reunião desde que Firmino assumiu a prefeitura.

Juntamente com representantes do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Piauí, a vereadora solicitou ao prefeito que não vetasse o projeto que prevê acesso livre às Zonas Verdes de estacionamento do centro da cidade à categoria.

O projeto já foi aprovado pela Câmara Municipal e seguiu para aprovação do Palácio da Cidade.

Adriano Brandão, presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça, reiterou a necessidade do acesso livre, já que diariamente precisam se dirigir ao centro da cidade para cumprir as demandas que a profissão exige e têm essa despesa a mais om estacionamento.

Firmino Filho se mostrou simpático ao projeto e acenou com a possibilidade de aprovação.

Graça chamou a atenção do prefeito para a importância da aprovação do indicativo de Lei que implanta em Teresina o Passe Livre Criança Cidadã.

“De todos os grupos que têm direito à gratuidade, as crianças são as que mais se submetem a situação humilhante.

Elas têm que rastejar pelo chão ou precisam ser suspensas.

Não deixa de ser uma situação humilhante, até porque muitas menininhas que estão de saia ficam expostas”, argumentou.

Por último, a vereadora tratou da situação dos comerciantes da Rodoviária dos Pobres, que até hoje está indefinida.

Segundo ela, o grupo não está satisfeito com a solução sugerida pelo Superintendente da SDU/Sul, Edson Melo, e reivindica que o terminal seja instalado em um terreno aos fundos do local onde hoje funciona.

“Eles sugerem um recuo na estrutura e o prefeito se comprometeu em reunir novamente a prefeitura e representantes das categorias para discutir novamente o tema.

O medo é que a busca pela solução se prolongue, já que as obras estão em pleo andamento”.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Cidade Verde