Gueiros conduz reunião da Comissão de Finanças e Orçamento no Recife

PTB Notícias 2/04/2012, 6:58


A remuneração dos cerca de 30 mil servidores da Prefeitura do Recife (PE) e a criação do plano de cargos dos auditores do Tesouro Municipal, previstas no projeto de lei do Executivo número 02/2012, foram o tema da reunião pública especial que a Comissão de Finanças e Orçamento realizou na última semana, na Câmara Municipal do Recife.

O plenarinho da Câmara ficou lotado com servidores das diversas categorias que acompanharam os debates envolvendo cinco secretários municipais – Finanças, Petrônio Magalhães; Assuntos Jurídicos, Virgínia Pimentel; de Administração, Dácio Rossiter; de Coordenação Política de Governo, Henrique Leite e de Realações do Trabalho, Paulo Ubiratan – além de 15 vereadores.

A reunião foi conduzida pelo presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, vereador Carlos Gueiros (PTB), que lamentou haver pouco tempo para se analisar e votar o projeto de lei que dispõe sobre a remuneração dos servidores efetivos e comissionados da administração direta, autárquica e fundacional do Recife, cria cargos efetivos, estabelece plano de cargo dos auditores do Tesouro Municipal e trata da reestruturação das tabelas dos planos de carreiras, da recomposição de vencimentos, da fixação de gratificações e de outras vantagens e benefícios.

“O tempo para se analisar é pequeno, pois neste ano a Lei Eleitoral só permite o reajuste 180 dias antes da eleição.

Esse prazo termina na próxima semana, 6 de abril”, afirmou Gueiros.

O projeto tem 53 artigos e os debates não se esgotaram nessa primeira reunião.

Será necessário marcar uma segunda, ainda esta semana, pois o projeto terá que ser votado até segunda-feira da próxima semana (2 de abril), sancionado e publicado em Diário Oficial até quarta-feira, último dia de trabalhos legislativos antes do feriado da Semana Santa.

“A pressa aniquila o verso”, observou o Petebista.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal da Câmara Municipal de Recife