Hildo acompanha visita de engenheiros no Hospital Regional de Águas Lindas

PTB Notícias 19/12/2013, 16:17


O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango (PTB), recebeu, na quarta-feira (18/12/2013), engenheiros do Estado que darão continuidade das obras do Hospital Regional do município.

Hildo os recebeu no local onde o hospital está localizado, no Setor 8.

Neste mês, o prefeito assinou um convênio com a rede de hospitais Hugo, que é referência em Goiânia e fará com que o Hospital Regional de Águas Lindas seja referência para toda região metropolitana do Distrito Federal.

O hospital terá 152 leitos, sendo 40 de UTI e teve início em março de 2007 com previsão de conclusão para março de 2010, tendo sido gastos pelos gestores da época quase R$ 16 milhões, o que, segundo levantamento da época, dava para terminar, sendo embargada pelo Ministério Público com suspeitas de corrupção.

Para Hildo do Candango, Águas Lindas está diante de uma grande realização que irá melhorar de forma significativa a área da saúde.

“Desde o começo de nossa gestão procuramos um meio de solucionar a situação, e com o apoio do governador Marconi Perillo e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, conseguiremos ver este grande hospital em pleno funcionamento em um futuro muito próximo.

Nossa comunidade agradece”, concluiu.

De acordo com o engenheiro responsável pela retomada das obras, Marcos Jacinto de Almeida, “o quanto antes será enviado um levantamento para o Ministério da Saúde, onde o ministro Alexandre Padilha irá avaliar de forma especial os relatórios e ao retornar para a Secretária de Estado de Saúde será aberta a licitação.

A expectativa é que em dois anos as obras estejam concluídas”, afirmou.

Acompanhou ainda o prefeito na visita às obras do hospital os engenheiros do Estado Bruno Gomes, Henrique Borges, Gabriel Melo, Dublaci Barbosa e o secretário municipal de Obras, Vicente Manoel.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de Águas Lindas de GoiásFoto: Prefeitura de Águas Lindas de Goiás