Hildo do Candango quer instituir prêmio para valorização da biodiversidade

PTB Notícias 17/04/2011, 11:51


Foi lido em Plenário e encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembléia Legislativa de Goiás, o projeto de lei que institui o Prêmio Valorização da Biodiversidade do Estado de Goiás.

A proposta do deputado estadual petebista Hildo do Candango é um incentivo à produção científica sobre plantas nativas e a conservação da biodiversidade.

De acordo com o projeto de lei do deputado petebista, o Prêmio será concedido anualmente a alunos de pós-graduação, a professores ou pesquisadores vinculados a instituições de ensino superior e pesquisa, e a jornalistas vinculados a órgãos de comunicação estabelecidos em Goiás.

A iniciativa, pelo texto da propositura de Hildo do Candango, consistirá na concessão de medalha, prêmio em dinheiro e diárias, para visitas aos Parques Ecológicos do Estado de Goiás.

Os candidatos poderão inscrever apenas um trabalho em uma das três categorias de pesquisa científica, monografia ou reportagem voltados:- à ecologia, biodiversidade, preservação ou conservação de plantas nativas do bioma Cerrado contidas em Goiás;- voltados à recuperação e conservação de matas ciliares e da vegetação atrelada a recursos hídricos;- nas áreas de conservação da biodiversidade urbana e de paisagismo ecológico.

Em cada categoria, serão premiados os primeiros colocados nas seguintes classes: aluno, professor ou pesquisador e jornalista.

Os candidatos ao Prêmio Valorização da Biodiversidade serão indicados por meio de processo seletivo, sendo que a Universidade Estadual de Goiás e a Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia elaborarão anualmente chamada pública que definirá normas e critérios para a concessão do Prêmio, até maio de cada ano, com entrega do Prêmio em setembro do mesmo ano.

A divulgação da chamada pública e os resultados do processo seletivo serão publicados no “Diário Oficial” do Estado.

Segundo o projeto, todos os participantes terão seus trabalhos publicados no site da UEG e os melhores trabalhos contemplados numa coletânea impressa.

O julgamento final ficará a cargo da Diretoria Executiva da UEG e deverá ser homologado por ato do Governador.

“É justo premiar aqueles que desenvolvem trabalhos voltados para o bem-estar comum, com o objetivo de proteger o meio ambiente em nosso Estado, além de garantir a preservação das plantas nativas, matas ciliares, a vegetação atrelada a recursos hídricos, a biodiversidade urbana e o paisagismo ecológico.

Enquanto alguns devastam e destroem, outros dedicam suas vidas em defesa do meio ambiente.

Este Prêmio pretende reconhecer o estudo, a pesquisa e trabalho dos pesquisadores, alunos e professores”, defendeu o parlamentar.

fonte: site da Assembléia Legislativa de Goiás