Indústria precisa crescer mais de 5% este ano, diz Armando Monteiro Neto

PTB Notícias 25/04/2007, 11:31


O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), deputado federal Armando Monteiro Neto, do PTB de Pernambuco, disse nesta terça-feira, 24, no 2º Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria, em São Paulo, que o setor precisa crescer mais de 5% até o final deste ano para se obter aumento de 4,2% no Produto Interno Bruto (PIB).

Armando Monteiro afirmou, no entanto, que a indústria brasileira só poderá obter esses resultados um pouco mais robustos com investimentos em inovação tecnológica, diminuição da burocracia, de taxas e impostos e mais oferta de mão-de-obra especializada.

“É um conjunto de fatores.

Ao desatar os nós e aumentar a oferta de financiamentos, o próprio Brasil terá um bom caminho para o crescimento”, afirmou Armando Monteiro, presidente do Diretório Estadual do PTB de Pernambuco.

O presidente da CNI lembrou que na Coréia, as aplicações em inovação equivalem a cerca de 3% do PIB.

“Precisamos avançar muito nessa área”, destacou.

Para alcançar um grau de desenvolvimento tecnológico compatível com as economias emergentes, o Brasil precisa, entre outros pontos, avançar na formação de pessoal voltado para inovação, especialmente nas áreas técnicas e de engenharia, e o estímulo à pesquisa nas empresas.

“As empresas têm um papel fundamental no desenvolvimento tecnológico”, disse Monteiro Neto.

Para o deputado petebista, um dos maiores desafios para o setor será levar investimentos privados para a inovação industrial, já que muitas empresas têm linhas de financiamento disponíveis em instituições como o BNDES e a Finep.

No total, os investimentos públicos e privados no setor industrial representam cerca de 1% do PIB brasileiro.

“Porém, em 2010 este número deve duplicar com o lançamento de novos planos e projetos de investimentos”, afirmou o deputado Armando Monteiro Neto.

Agência Trabalhista de Notícias