IPMT prevê aumento do fundo previdenciário da prefeitura de Teresina

PTB Notícias 23/04/2012, 11:58


O fundo previdenciário dos servidores da Prefeitura de Teresina deve chegar o final do ano com um montante de R$ 300 milhões.

O presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPMT), Alberto Monteiro, órgão responsável por gerir e aplicar o recurso, explica que essa é uma determinação do prefeito Elmano Férrer (PTB).

Ele lembra que nos últimos dois anos o fundo teve um aumento recorde, passando de R$ 95 milhões para R$ 245 milhões.

“Estamos trabalhando de forma intensa para cumprir a meta determinada pelo prefeito”, frisa.

Para tanto, o órgão atua com duas frentes de ação: a primeira corresponde à aplicação dos recursos do fundo em modalidades diferentes de investimento com alta rentabilidade e a segunda diz respeito à recuperação previdenciária junto ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

O IPMT conta com um comitê de investimento financeiro, responsável por monitorar e definir qual a melhor modalidade de aplicação dos recursos do fundo”Muitos servidores, antes de ingressarem no serviço público municipal, trabalhavam no regime celetista e, portanto, recolhiam suas contribuições previdenciárias junto ao INSS.

Com a recuperação previdenciária, estamos conseguindo resgatar esses recursos que passam a integrar o nosso fundo e custear a aposentadoria do servidor.

Essa ação foi intensificada nos últimos seis meses e conseguimos com isso recuperar cerca de R$ 9 milhões”, detalha Alberto Monteiro.

O IPMT é uma entidade que tem como finalidade garantir a prestação de serviços relacionados à assistência e a saúde do servidor.

O município de Teresina possui, atualmente, 17 mil servidores ativos, 2.

432 aposentados e 838 pensionistas.

Com uma maior arrecadação, o órgão poderá melhorar ainda a mais qualidade dos serviços oferecidos aos segurados.

Ivana Souza – Agência Trabalhista de Notícias, com informações da prefeitura de Teresina