Iradir Pietroski anuncia investimentos rodoviários para o Alto Uruguai

PTB Notícias 26/03/2009, 14:13


Deputado assegurou maior investimento rodoviário para a região .

Em audiência na manhã desta quarta-feira (25/3) com o secretário estadual de Infra-estrutura e Logística, Daniel de Andrade, o líder da bancada estadual do PTB na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Iradir Pietroski, assegurou para a região do Alto Uruguai o maior investimento rodoviário dos últimos quatro governos para a região do Alto Uruguai.

Acompanhado do Prefeito de Aratiba, Luiz Ângelo Poletto, Pietroski garantiu, entre outros, o antigo sonho de conclusão da ponte inacabada, desde o governo Antônio Britto (1991-1996), entre Carlos Gomes e São João da Urtiga, sobre o rio Apauê-mirim.

Além da conclusão da RS 480, entre Erechim e Chapecó (17 quilômetros e o recapeamento de outros 44 quilômetros), Pietroski conquistou a revitalização do asfalto de trechos entre Ipiranga do Sul e Erebango, Gaurama e Viadutos, além do recapeamento da RS 211, num trecho de 25 quilômetros entre Erechim, Jacutinga e Campinas do Sul e o reinício das obras entre Getúlio Vargas e Charruas (21 quilômetros na RS 475) “Estivemos com o Secretário Daniel de Andrade para reivindicar mas também para agradecer.

Desde o Governo de Antônio Britto, é o Governo de Yeda Crusius o que mais tem investido em infra-estrutura não só na nossa região, mas em todo o Rio Grande do Sul.

Isso merece ser comemorado e divulgado”, afirmou Pietroski, acrescentando: “Continuaremos a reivindicar”.

Ele antecipou que para o próximo ano o Governo do Estado, em convênio com a Prefeitura de Aratiba e a empresa Tracbel, concessionária da Usina de Ita (SC), vai realizar a ligação asfáltica de 18 quilômetros entre o município gaúcho e a cidade catarinense, oferecendo a possibilidade de grande desenvolvimento turístico e econômico para a região.

Para os próximos meses, o parlamentar já tem encaminhado o pedido de asfaltamento de oito quilômetros de asfalto entre Áurea e Centenário.

fonte: site do PTB – RS