Iradir Pietroski ressalta trajetória política do deputado Adão Pretto

PTB Notícias 11/02/2009, 10:56


“Ele foi um peregrino.

Seu trabalho era um legítimo sacerdócio”, declarou o líder da bancada do PTB, Iradir Pietroski, durante a homenagem póstuma do Parlamento gaúcho ao deputado Adão Pretto (PT), na sessão plenária desta terça-feira (10/02).

O parlamentar lembrou a trajetória do líder petista, que morreu no dia 6 de fevereiro, destacando características pessoais de humildade e seriedade como marcas de seu legado.

Ao recordar episódios ocorridos na primeira legislatura do homenageado, Pietroski reconheceu a importância de gestos simples e de humildade de Pretto.

” Ele ia nas casas ouvir as pessoas, inclusive na minha, com a simplicidade que lhe era característica.

Tornou-se deputado e manteve-se por cinco mandatos sobretudo pela sua competência, simplicidade e seriedade com que lutava pelos seus ideais”, declarou ele.

Pietroski ressaltou a liderança de Adão Pretto frente aos movimentos sociais e sindicais, lembrando que ele foi representante dos pequenos agricultores e dos sem-terra, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Miraguaí e da Pastoral Rural da Igreja Católica.

” Seja como ministro da igreja ou como fundador e militante de movimentos sindicais, ele foi um lutador que deixará saudade pela persistência nas causas em que acreditava”.

Na Assembleia Legislativa, Adão Pretto liderou a bancada do PT.

Em 1987, recebeu o Prêmio Springer, como Deputado Destaque, e em 1990 assumiu uma das cadeiras na Câmara Federal, onde foi autor dos projetos do Seguro Agrícola Nacional, de isenção de IPI para veículos utilizados para o transporte da produção rural e o que garante vagas no ensino superior para filhos de pequenos agricultores.

Fonte: ALRS