Itapuã Messias se pronuncia na tribuna do STF em defesa de Palmieri

PTB Notícias 23/08/2007, 14:11


O Primeiro Secretário da Executiva Nacional do PTB, Emerson Eloy Palmieri, sustentou, por meio de seu advogado, o petebista Itapuã Prestes de Messias, perante o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), que não era tesoureiro do PTB, conforme consta na denúncia do mensalão.

“Ele era 1º Secretário do partido”, afirmou Itapuã.

Emerson Palmieri é acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Itapuã Messias afirmou que seu cliente não tinha ciência de nenhuma das irregularidades apontadas pela denúncia.

Disse também que Palmieri não é funcionário público, e não poderia ser acusado por corrupção passiva.

Palmieri recebeu recursos, repassados pelo PT, das mãos de Roberto Jefferson, afirmou Itapuã.

“Quem poderia imaginar que os recursos vindos do PT pudessem ter uma origem criminosa?”, questionou o Consultor Jurídico do PTB.

fonte: site do Supremo Tribunal Federal