Ival Avelar pede ao MEC autorização para funcionamento de faculdade

PTB Notícias 24/10/2013, 6:48


O prefeito de Jaraguá (GO), Ival Avelar (PTB), acompanhado do líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes (GO), esteve, na semana passada, em Brasília para diversos compromissos, na tentativa de canalizar recursos para o município.

Uma das reuniões foi no Ministério da Educação, na Secretaria de Regulação e Supervisão do Ensino Superior, para tratar da autorização para o funcionamento da Faculdade de Jaraguá, construída às margens da BR-153, próxima ao Lago Alano de Freitas.

Na Secretaria de Regulação e Supervisão do Ensino Superior, a comitiva liderada pelo prefeito Ival Avelar foi recebida pelo secretário Jorge Messias.

O prefeito estava acompanhado também do deputado Alex Canziani (PTB), além dos diretores da Facer e Faculdade de Jaraguá, Zita Pires de Andrade.

De acordo com Gilmar Maurício, assessor de Planejamento da Prefeitura, a boa notícia é de que provavelmente ainda este ano saia a autorização de funcionamento da unidade de ensino superior de Jaraguá, podendo haver vestibular no início do ano de 2014.

Ministério das CidadesO prefeito Ival Avelar também foi recebido pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, novamente acompanhado dos deputados Jovair Arantes e Alex Canziani, além do ex-prefeito Lineu Olímpio.

No encontro foram discutidos os canais de programas que o ministério poderia encaixar o município de Jaraguá.

Uma das ações mais pontuadas foi o asfaltamento complementar de toda a área sem asfalto no município, ficando acertado que o deputado Jovair Arantes se encontraria com a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), para tratar da liberação da emenda, para este ano ainda.

O prefeito Ival Avelar se disse preocupado com os mais de 1000 jaraguenses que ainda não possuem o domínio social de sua habitação (escritura).

Ele pediu ao ministro Aguinaldo Ribeiro que o governo federal que ajude o município na liberação da documentação a estes cidadãos.

“O ministro se disse pronto a colaboração conosco, agora aguardamos apenas uma resposta já que toda a documentação foi enviada”, frisou Ival Avelar.

O assessor de Planejamento e Gestão Estratégica, Gilmar Mauricio, confirmou que a proposta de liberação das escrituras, já se encontrava no sistema de convênios do Ministério das Cidades, bastando somente a autorização do ministro para sua analise e aprovação.

“Esperamos que isso ocorra o mais breve possível, já que comunicamos a ele, pessoalmente”, concluiu.

* Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal Jaraguá em Foco