Ivan Louzada fala sobre desafios do PTB para as eleições de 2016 em MS

PTB Notícias 31/07/2015, 17:26


Com vistas às eleições de 2016, o PTB de Mato Grosso do Sul mantém sua agenda em busca de fortalecimento no Estado.

O presidente estadual do partido, Ivan Louzada, esteve em Alcinópolis, na segunda-feira (27/7/2015), para discutir o futuro do partido no município e abonar novas fichas de filiações.

“A cada dia o PTB cresce mais e vem agregando pessoas que querem somar junto ao partido e contribuir com o desenvolvimento do nosso Estado.

Esta semana estive em Chapadão do Sul reunido com o Dr.

Paulo, que passou a presidência para o seu filho Felipe Batista.

Também passei em Costa Rica e estive reunido com o ex-prefeito Jesus Baird.

Em Alcinópolis a reunião foi com o ex-prefeito Ademar Trelha.

Na ocasião também foram abonadas novas fichas de filiações.

Em Figueirão, conversei com o presidente Ival e o vice-presidente Juvenal.

Em todos os municípios, além das filiações e a formação da composição da comissão provisória, também discutimos os próximos passos para as eleições vindouras”, diz Louzada.

Próximo ao prazo final de filiações para pretensos candidatos às eleições municipais do ano que vem, estipulado pela Justiça Eleitoral, Louzada continua comemorando novas adesões.

“O tempo é curto para que deixemos as comissões provisórias vigentes.

Temos cerca de 70 dias.

Até o momento cerca de 28 comissões provisórias se encontram vigentes.

“De acordo com o presidente, o PTB-MS está elaborando um levantamento de possíveis candidatos a prefeitos para traçar um plano estratégico e ampliar a presença nos municípios.

“Trabalhamos até agora com o maior número possível de candidaturas na majoritária, inclusive em Campo Grande.

Assumindo assim a cabeça da chapa, onde não houver viabilidade vamos procurar compor com vice-prefeito e vereadores”, explica.

A ideia, segundo Ivan Louzada, é incentivar os municípios a formarem chapas para a disputa.

O dirigente trabalhista pondera que o objetivo é crescer.

“Independentemente de qualquer coisa, precisamos aumentar o número de representantes no Estado”, afirma.

O presidente do PTB sul-mato-grossense ainda confirma o grande número de filiados no interior.

“Estamos recebendo um grande número de adesões que até nos surpreende.

Acreditamos que podemos facilmente aumentar o número de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores”, conclui.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações do PTB-MSFoto: Denise Nantes/PTB-MS